Defensoria Pública de Minas Gerais

Igualdade e cidadania para todos


ALMG realiza ciclo de debates “A Contribuição das Engenharias para o Desenvolvimento do Estado”


Por Ascom em 29 de maio de 2014

A chefe de gabinete da Defensoria Pública, Maria Elizabeth Vitral Amaro, participou nesta quinta-feira (29), na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) da entrega de mais de mil propostas práticas para a solução de problemas que afligem o cidadão mineiro em cinco eixos temáticos: produção de alimentos, rodovias, meio ambiente, urbanicidade e impacto das chuvas. Elas foram reunidas pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Minas Gerais (Crea-MG) em 11 cadernos regionais, após consulta a profissionais da área em todo o Estado, e agora poderão embasar o trabalho dos deputados nos próximos anos, já que todos os parlamentares receberão cópias do documento.

As 1.248 propostas foram elaboradas por cerca de 6,7 mil profissionais de engenharia, agronomia e técnicos durante os 12 encontros regionais “Políticas Públicas e Corresponsabilidade Social”, realizados entre 2012 e 2013 por meio de uma parceria entre os 81 polos do Crea-MG e a Ouvidoria Geral do Estado. A entrega simbólica deste levantamento foi feita pelo presidente do Crea-MG, Jobson Andrade, ao 1º vice-presidente da ALMG, deputado Ivair Nogueira (PMDB), na abertura do Ciclo de Debates: “A Contribuição das Engenharias para o Desenvolvimento do Estado”, realizado no Plenário da ALMG.

a_foto_ricardo_barbosa

A mesa de abertura foi composta pela defensora pública e chefe de gabinete da DPMG, Maria Elizabeth Vitral Amaro; presidente do Crea/MG, Jobson Andrade; 1º – vice-presidente da ALMG, Ivair Nogueira; ouvidor-geral do Estado, Fábio Caldeira; superintendente de infraestrutura da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional, Política Urbana e Gestão Metropolitana, Pedro Schultz; e deputado Paulo Lamac

Durante a entrega a defensora pública Maria Elizabeth Vitral Amaro lembrou a importância da parceria entre a Defensoria Pública e o Crea-MG. “As engenharias são sempre nossas parceiras em questões que envolvem a defesa da cidadania”, lembrou.

Em sua fala o presidente do Crea-MG, Jobson Andrade, reforçou a necessidade de uma participação maior dos engenheiros nas discussões de todos os aspectos da vida em sociedade. “Ele precisa garantir a aplicação do conhecimento acumulado pela humanidade, mas isso não basta. Temos que ter sempre em mente a importância do planejamento, que é a ferramenta principal das engenharias. Por isso vamos começar uma segunda etapa deste trabalho, que é contribuir para o monitoramento da aplicação destas sugestões”, destacou.

Fonte: ALMG (29/05/2014)



Transparência

O que é?

O objetivo dessa sessão é permitir o acesso transparente, rápido e fácil aos documentos e informações relacionadas à Execução Orçamentária e Financeira, Licitações, Contratos e Convênios.

saiba mais >