Defensoria Pública de Minas Gerais

Igualdade e cidadania para todos


CRAS e Defensoria promovem audiência pública


Por Ascom em 25 de novembro de 2013

Evento teve como objetivo avaliar os resultados de um ano de parceria entre a Defensoria Pública de Ubá e o CRAS Pires da Luz

Com a meta de avaliar os resultados obtidos após um ano de execução do projeto Defesa da Cidadania, o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) Pires da Luz e a Defensoria Pública de Ubá promoveram, na tarde do dia 21 de novembro, uma audiência pública que reuniu a equipe técnica do CRAS e os usuários atendidos pelo projeto, a Gerente da Divisão de Proteção Social Básica, Geanne Juste, os Defensores Públicos, Sérgio Riani, Elisa Schröder e Maycol Lacerda e o Prefeito de Ubá, Vadinho Baião.

Durante o evento, os Defensores ressaltaram a importância do apoio dado pela Prefeitura de Ubá ao serviço prestado pela Defensoria e a satisfação de poder levar seu trabalho até a comunidade. “Em um ano de projeto, realizamos 120 atendimentos e cerca de 30% dos casos tiveram continuidade”, relatou o Defensor Sérgio Riani. “É um enorme prazer estar com a comunidade. Queremos continuar frutificando este trabalho e quem sabe levá-lo a outros CRAS”, destacou o Defensor Maycol Lacerda. “Temos grande satisfação e alegria em atender a população trazendo informações e orientações”, finalizou a Defensora Elisa Schröder.

“Esta parceria, além de ser uma oportunidade de divulgar o trabalho da Defensoria Pública, é uma forma de garantir o direito de acesso à justiça para todos. Quero agradecer aos Defensores Públicos de Ubá por prestar este serviço à comunidade”, afirmou o Prefeito Vadinho Baião.

“Hoje estamos celebrando, com este encontro, um ano do projeto. O trabalho desenvolvido neste período foi importante, pois trouxe aos usuários do CRAS a oportunidade de receber informações, orientações e auxílio em procedimentos jurídicos, aproximando, assim, o cidadão e a Defensoria Pública. Com o projeto, tanto os usuários quanto a equipe do CRAS puderam conhecer melhor as possibilidades de atuação dos Defensores. Neste primeiro ano tivemos muitas conquistas, mas queremos melhorar ainda mais para o próximo ano”, declarou Luciana Marini, Coordenadora do CRAS Pires da Luz.

Daiana Luz, funcionária da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e estagiária na Defensoria Pública, foi a idealizadora do projeto Defesa da Cidadania. “O curso de Direito despertou meu interesse pelo trabalho da Defensoria Pública. Quando iniciei a faculdade, trabalhava no CRAS e notei que muitos usuários atendidos apresentavam demandas que necessitavam de orientação jurídica. Assim, tive a ideia de sugerir a parceria que resultou neste projeto. Me sinto satisfeita com os resultados obtidos até agora e acredito que o projeto tem tudo para continuar dando certo, já que os serviços oferecidos pelo CRAS e pela defensoria são complementares e apresentam interesses comuns a medida que destinam-se ao mesmo público-alvo”.

Gioconda Maria Carvalho, moradora do bairro Pires da Luz, teve a oportunidade de conhecer seu direito à justiça gratuita no evento. “Fui bem atendida pelos defensores e gostei muito das orientações dadas. Acho que com a ajuda deles vou conseguir solucionar meu problema”.

{BDB3E154-870B-EBCD-ADC5-B725EEC32C2D}_279X233

Mais de 120 atendimentos foram realizados pelo Projeto Defesa da Cidadania

Fonte: Assessoria de Comunicação da PMU

 



Transparência

O que é?

O objetivo dessa sessão é permitir o acesso transparente, rápido e fácil aos documentos e informações relacionadas à Execução Orçamentária e Financeira, Licitações, Contratos e Convênios.

saiba mais >