Defensoria Pública de Minas Gerais

Igualdade e cidadania para todos


Cultura da paz é abordada em palestra no projeto Sala de Espera


Por Ascom em 4 de abril de 2016

A defensora pública Eliane Medeiros, em atuação na área de Família da Capital, ministrou palestra sobre “a cultura da paz” na terça-feira, dia 4, no projeto Sala de Espera. Eliane Medeiros abordou a conciliação e a mediação como instrumentos para a solução rápida e pacífica dos conflitos, quer na área judicial, quer na esfera extrajudicial. E destacou como o novo Código de Processo Civil, em seu artigo 3º, traz a possibilidade de composição entre as partes, mediante a boa-fé, cooperação, duração razoável do processo, com vistas à satisfação de interesses de forma justa e efetiva.

a_IMG_2143

A defensora pública Eliane Medeiros, em atuação na área de Família da Capital, ministrou palestra sobre a cultura da paz

A defensora pública ressaltou também sobre a importância da adoção de uma cultura de paz no dia a dia, nas mais variadas situações e nos relacionamentos, com atitudes pessoais que podem refletir depois em diversos campos da vida. Para Eliane Medeiros, a cultura da paz tem, entre suas bases, a prevenção e a resolução não violenta de conflitos, com destaque para o papel da educação e de valores como a tolerância, o respeito às diferenças, a solidariedade.

A busca de mediação e conciliação nos casos de separação de casais e de alimentos é a melhor solução, segundo a defensora pública, para o conflito que costuma deixar traumas nos filhos. “O entendimento”, disse Eliane Medeiros, “é o caminho mais indicado por diminuir a intensidade da perda provocada pelo processo de separação. Com isto a cultura de paz vai se firmando, para evitar os conflitos e valorizando o entendimento”, ressaltou a defensora pública.



Transparência

O que é?

O objetivo dessa sessão é permitir o acesso transparente, rápido e fácil aos documentos e informações relacionadas à Execução Orçamentária e Financeira, Licitações, Contratos e Convênios.

saiba mais >