Defensoria Pública de Minas Gerais

Igualdade e cidadania para todos


Defensora pública de Minas Gerais é escolhida para integrar o Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária


Por Ascom em 3 de fevereiro de 2017

A defensora pública, Alessa Pagan Veiga (foto) foi indicada, nesta sexta-feira (03/02), pelo Colégio Nacional de Defensores Públicos-Gerais (Condege) para integrar o Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária (CNPCP). Após formação de lista tríplice, a indicada foi escolhida entre os defensores públicos inscritos de todos os Estados e do Distrito Federal. Alessa Pagan atua na Execução Penal da comarca de Uberlândia, com passagem pelas comarcas de Governador Valadares e Ribeirão das Neves.

Primeiro dos órgãos da execução previstos na Lei de Execução Penal, o CNPCP é responsável pela implementação, em todo o território nacional, de uma nova política criminal e principalmente penitenciária, a partir de periódicas avaliações do sistema criminal, criminológico e penitenciário, bem como a execução de planos nacionais de desenvolvimento quanto às metas e prioridades da política a ser executada.

alessa-pagan-4

Fonte: Ascom / DPMG (03/02/2017)



Transparência

O que é?

O objetivo dessa sessão é permitir o acesso transparente, rápido e fácil aos documentos e informações relacionadas à Execução Orçamentária e Financeira, Licitações, Contratos e Convênios.

saiba mais >