Defensoria Pública de Minas Gerais

Igualdade e cidadania para todos


Defensora pública participa de debate sobre mulheres na política promovido pela ALMG


Por Ascom em 18 de junho de 2015

A coordenadora do Nudem em Varginha, defensora pública Priscila Angélica do Nascimento, participou, no dia 12 de junho, do encontro regional do “Ciclo de Debates Reforma Política, Igualdade de Gênero e Participação: O que querem as mulheres de Minas”, promovido pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) no município.

Foram realizados dois paineis “Reforma Política e a representação das mulheres no Brasil” e “Desafios das políticas públicas para as mulheres”. Uma das conclusões do debate foi de que as dificuldades impostas pelo sistema eleitoral e as de cunho cultural, como as responsabilidades que as mulheres assumem com a família, que restringem a disponibilidade de tempo para participação, são alguns dos impedimentos para ampliar a participação das mulheres na vida política.

A presidente da Comissão Extraordinária das Mulheres, deputada estadual Rosângela Reis, abriu o evento que contou com a participação de lideranças políticas, universitários, movimentos sociais, além das integrantes da comissão, as deputadas: Geisa Teixeira e Celise Laviola.

Crédito foto: Alair Vieira / ALMG

Paulo Roberto Rodrigues de Souza (diretor do Campos da Unifal Varginha), Racibe de Fátima Faria (vereadora de Varginha), Marisa Maciel (prefeita de São Tomé das Letras), Celise Laviola (deputada estadual PMDB/MG), Rosângela Reis (deputada estadual Pros/MG), Geisa Teixeira (deputada estadual PT/MG), Rômulo Azevedo Ribeiro (presidente da Câmara de Varginha), Priscila Angélica do Nascimento (defensora Público e Coordenadora do Núcleo de Defesa da Mulher), Anete Perrone (secretária de Políticas Públicas para Mulheres e Direitos Humanos de Pouso Alegre)

Defensora pública Priscila Angélica do Nascimento (2ª posição, à direita) compõe a mesa de honra do debate

Ciclo
O “Ciclo de Debates Reforma Política, Igualdade de Gênero e Participação” é uma iniciativa da ALMG e reuniu autoridades e especialistas para discutir os desafios para se ampliar a participação feminina na política. Estudos indicam que a participação das mulheres nas esferas de poder decisório ainda é muito tímida no Brasil. Em Minas Gerais, foram eleitas até hoje apenas uma senadora e 12 deputadas federais. A atual bancada de mulheres na ALMG é composta por sete deputadas em um universo de 77 parlamentares:

Além de Varginha, o ciclo de debates já foi realizado em Ibirité (RMBH), Uberlândia (Triângulo Mineiro) e Mantena (Vale do Rio Doce). De acordo com a deputada Rosângela Reis, as sugestões colhidas durante os debates no interior serão inseridas na pauta de trabalho da Comissão Extraordinária das Mulheres e servirão de instrumento de articulação com a sociedade civil e com o poder público.

Fonte: Ascom / DPMG, com informações da ALMG (18/06/2015)



Transparência

O que é?

O objetivo dessa sessão é permitir o acesso transparente, rápido e fácil aos documentos e informações relacionadas à Execução Orçamentária e Financeira, Licitações, Contratos e Convênios.

saiba mais >