Defensoria Pública de Minas Gerais

Igualdade e cidadania para todos


Defensoria Itinerante faz atendimentos em Raposos


Por Ascom em 5 de maio de 2015

A Defensoria Itinerante realizou atendimento, nesta terça-feira (05), no município de Raposos. Esta foi a primeira visita do ônibus itinerante na Região Metropolitana de Belo Horizonte este ano.

A ação, organizada pela Defensoria Pública em Nova Lima e pela Coordenação de Projetos e Convênios, contou ainda com a presença de uma equipe médica para aferição de pressão e teste de glicemia, fornecida pela Prefeitura Municipal de Raposos.

Pela Defensoria Pública participaram as defensoras públicas Lívia Matias de Souza Silva e Maria Cecília Pinto e Oliveira; as servidoras Simone Oliveira Reis e Lucinéia Alves Teófilo Guedes Moraes e os estagiários José Doroteo Martiniano e Sandra Michelle Carlindo. Colaboraram, ainda, as defensoras públicas Hellen Caires Teixeira Brandão, coordenadora de Projetos e Convênios e Roberta de Mesquita Ribeiro, assessora de planejamento e Infraestrutura da Defensoria Geral.

a_DSC7712

Atendimento em Raposos

Foram realizados atendimentos nas áreas: criminal, cível, família e saúde, além de encaminhamentos, orientações jurídicas e distribuição de cartilhas educativas. José Ferreira Eleutério, 70 anos, aposentado, buscou a Defensoria itinerante para solicitar atendimento na área de saúde. Ao final, saiu com a lista de documentos solicitados pela defensora pública, necessários para o início de seu processo. “Atendimento foi muito bom e atencioso. Precisamos que a Defensoria Pública volte mais vezes, porque o município tem poucos recursos e o cidadão acaba ficando desprovido de Justiça”, completou.

Divulgação

Para a coordenadora da Defensoria Pública em Nova Lima, Maria Cecília Pinto e Oliveira a presença da Defensoria Itinerante é importante para a divulgação da Instituição, principalmente entre a população que mora na zona rural e em municípios distantes das comarcas. “O principal desafio da Defensoria Pública no interior é se fazer conhecer. É mostrar o seu trabalho e suas atribuições, pois muitas vezes a população não sabe que tem direito à assistência jurídica gratuita e são compelidos a pagar um advogado particular ou são encaminhados de maneira equivocada para as procuradorias municipais, que não têm esta atribuição”, explicou.

a_DSC7723

Defensoras públicas, servidores, estagiários e equipe da médica da Prefeitura de Raposos que atuaram no atendimento à população local



Transparência

O que é?

O objetivo dessa sessão é permitir o acesso transparente, rápido e fácil aos documentos e informações relacionadas à Execução Orçamentária e Financeira, Licitações, Contratos e Convênios.

saiba mais >