Defensoria Pública de Minas Gerais

Igualdade e cidadania para todos


Defensoria Itinerante visita quatro cidades no Triângulo


Por Ascom em 25 de junho de 2015

O assentamento rural Dom José Mauro, a 17 quilômetros de Uberlândia, recebeu a visita da Defensoria Itinerante no dia 9 de junho, quando cerca de 100 atendimentos foram realizados, entre os quais 20 individuais, nas áreas de Direito de Família, Direito Criminal e Execução Penal, Infância e Juventude, Mulheres Vítimas de Violência Doméstica e Direito do Consumidor. No assentamento residem 198 famílias, cerca de 600 pessoas dedicadas à agricultura familiar.

Participaram do atendimento os defensores públicos Bárbara Machado Bissochi, Clayton Rodrigues, Evaldo Gonçalves, Fernando Orlan, Pablo Farinha, Valéria Gomes e os estagiários Jéssica Aline e Maurian Rodrigues.

Os defensores públicos presentes ao encontro falaram sobre os serviços prestados pela Defensoria e ouviram relatos sobre os problemas da comunidade, entre os quais a falta de energia elétrica, de água e transporte público além da dificuldade de acesso aos serviços de saúde e educação.

20150609_171140

No assentamento rural Dom José Mauro os defensores realizaram 100 atendimentos, dos quais 20 individuais

Para a defensora pública Bárbara Machado Bissochi, da coordenação de Uberlândia, “essa iniciativa é uma forma de aproximar os mais necessitados da Defensoria Pública e, assim, permitir que os defensores públicos cumpram seu papel de agente de transformação social”.

CARNEIRINHO

A Defensora Pública Clerisa Felipe Sanches Oberlander, da comarca de Iturama, considerou positiva a visita da Defensoria Itinerante à cidade de Carneirinho, realizada no dia 12, quando foram feitos 25 atendimentos, orientações e acordos. A procura pelos serviços foi grande e o atendimento se estendeu até às 18 horas, uma hora além do previsto, e incluiu atendimentos a moradores da zona rural do município. A presença da Defensoria Itinerante foi divulgada através de carro de som, na imprensa local e em pontos como o Conselho Tutelar, Posto de Saúde, Rodoviária e Emater.

IMG_20150612_145205

Em Carneirinho projeto atingiu moradores das áreas urbana e rural, facilitando acesso aos serviços da justiça

GURINHATÃ

Defensores públicos de Ituiutaba levaram a Defensoria Itinerante ao município de Gurinhatã, onde foram realizados oito atendimentos nas áreas Cível, Criminal e Família. Para o defensor público Lupércio Carvalho Arantes, coordenador local de Ituiutaba, a Defensoria Itinerante “é um canal de expansão das atividades do defensor público como agente de transformação social”. Também participou do atendimento a defensora Mônica Alves da Costa.

IMG-20150616-WA0003

Coordenador de Ituiutaba destaca importância do projeto para maior aproximação com a população

De acordo com o coordenador a atividade “possibilita aos defensores  a constatação in loco das mais urgentes demandas do público assistido pela Defensoria Pública. Proporciona ao assistido o contato com um defensor fora das quatro paredes de uma sala de atendimento formal,  deixando-o muito mais à vontade para externar suas dúvidas e aflições e obter a orientação jurídica pertinente”. Segundo o coordenador é uma oportunidade para os defensores manterem contato direto com a população dos municípios e  distritos “que muitas vezes se localizam em perímetros bem distantes da comarca da qual fazem parte”.

PIRACAÍBA

A Defensoria Itinerante esteve também em Piracaíba, distrito de Araguari, onde foram realizados sete atendimentos nas áreas de Sucessões, Família e Criminal. Os defensores Augusto Luiz Fernandes Oliveira de Matos e Vanessa Moreira de Oliveira Rodrigues Alves ministraram palestras sobre a atuação da Defensoria Pública para alunos do ensino fundamental.

foto 3

Defensora sugere realização do projeto nos finais de semana, nas zonas rurais, para aumentar o número de atendimentos

Para a defensora Vanessa Moreira de Oliveira Rodrigues Alves, coordenadora local em Araguari, a parceria com a prefeitura foi benéfica para a população, que no dia recebeu serviços como corte de cabelo, bazar do núcleo de geração de renda da cidade, confecção de carteira de identidade, cinema para as crianças e adultos, distribuição de mudas de árvores e cadastro para o bolsa família. Para a coordenadoria a visita num fim de semana pode permitir maior número de atendimentos, pois durante a semana a população se dedica a agricultura e tem dificuldades para deixar o trabalho.



Transparência

O que é?

O objetivo dessa sessão é permitir o acesso transparente, rápido e fácil aos documentos e informações relacionadas à Execução Orçamentária e Financeira, Licitações, Contratos e Convênios.

saiba mais >