Defensoria Pública de Minas Gerais

Igualdade e cidadania para todos


Defensoria Pública de Nova Lima promove estudo sobre soluções extrajudiciais de controvérsias


Por Ascom em 1 de fevereiro de 2016

 

Foi promovido na sexta-feira, dia 29, o I Encontro de Estudo de Soluções Extrajudiciais de Controvérsias da Defensoria Pública em Nova Lima. O encontro aconteceu no auditório da Câmara Municipal, no centro da cidade e contou com a participação de servidores da Defensoria e do Tribunal de Justiça.

Da esquerda para a direita: a vice-presidente da Comissão de Mediação e Arbitragem da OAB/MG, Beatriz Bovendorp; a defensora pública, Marta Juliana Marques Rosado Ferraz; a coordenadora de Capacitação, Hellen Caires Teixeira Brandão; a coordenadora Local de Nova Lima, Izabela de Rezende Coutinho; o defensor público Rafael Pedro Magagnin, em atuação na área Criminal em Nova Lima

Responsável pela iniciativa, a coordenadora Local de Nova Lima, Izabela de Rezende Coutinho, abriu os trabalhos, ocasião em que ressaltou os objetivos do encontro, tendo as soluções extrajudiciais como novo paradigma a ser aplicado na resolução de conflitos, além de traçar um histórico da atuação da Defensoria Pública em Nova Lima.

A coordenadora de Capacitação, Hellen Caires Teixeira Brandão, fez uma apresentação de práticas bem sucedidas em outras Comarcas, destacando a importância da mediação como instrumento facilitador do trabalho no atendimento á população hipossuficiente.

A Mediadora de Conflitos e vice-presidente da Comissão de Mediação e Arbitragem da OAB/MG, Beatriz Bovendorp, foi a palestrante da manhã, abordando o tema “Painel da Nova Legislação Aplicada (Resolução 125 do CNJ, Nova Lei de Mediação – Lei 13.140/2015 e Novo CPC – Lei 13.105/2015)”.

Beatriz Bovendorp fez uma apresentação dos meios alternativos de solução de conflitos, para explicar o que o novo CPC e a nova Lei de Mediação trazem como instrumentos e ferramentas para facilitar a resolução de conflitos, com ênfase na mediação e na conciliação.

Já a defensora pública de Segunda Instância e Tribunais Superiores na Área de Direito Público, Marta Juliana Marques Rosado Ferraz, falou sobre “Teoria do Conflito e Ferramentas Dialógicas Aplicadas à Conciliação”. Em seguida os participantes discutiram os recursos adotados na apresentação do filme Locatário.

Fonte: Ascom/DPMG (29/01/2016)



Transparência

O que é?

O objetivo dessa sessão é permitir o acesso transparente, rápido e fácil aos documentos e informações relacionadas à Execução Orçamentária e Financeira, Licitações, Contratos e Convênios.

saiba mais >