Defensoria Pública de Minas Gerais

Igualdade e cidadania para todos


Defensoria Pública em Iguatama realiza Natal Solidário


Por Ascom em 26 de dezembro de 2013

No dia 21 de dezembro a Defensoria Pública em Iguatama realizou, na Praça do Vila, o Natal Solidário, com a participação de mais de 600 crianças. A iniciativa foi coordenada pelo defensor público em atuação na cidade, Ricardo Silva e teve como objetivo ajudar às famílias carentes de Iguatama.

  natal_iguatama3
Muita diversão e brincadeiras para as crianças com pula-pula, cachorro quente, algodão doce, pipoca e refrigerante.

natal_iguatama
 Os bens arrecadados  foram entregues pelo próprio Papai Noel

De acordo com o defensor público, Ricardo Silva, a realização do evento só foi possível devido à dedicação da equipe que trabalhou durante o Natal Solidário e pela ajuda dos colaboradores que doaram brinquedos e cestas básicas, entre outros. Em mensagem (abaixo), agradeceu o apoio de todos que trabalharam e apoiaram a iniciativa.

“Quero agradecer, de público, em nome da Defensoria Pública de Iguatama, todas as pessoas que de coração fizeram sua doação para o NATAL SOLIDÁRIO, que aconteceu na praça do Vila no último sábado, dia 21 de dezembro de 2013, na parte da manhã.

Foi realmente uma manhã espetacular, incrível, onde tivemos a participação de mais de 600 crianças, que receberam presentes, tiraram fotos com o papai Noel, comeram pipoca, algodão doce, maçã do amor, lancharam , tomaram refrigerante, receberam balas, chicletes e ainda brincaram no pula-pula.

Quero agradecer também todos voluntários que participaram da organização e realização do evento e não mediram esforços para que tudo corresse bem, como de fato correu, dentre eles cito: Lorena, Fernanda, André (funcionário do Fórum), Simone, Henrique, Agda, André (advogado), Aline, Ionaldo e Marina (sua esposa), Camila, Wallison, Antônio Professor, Marcela, Washington e vários outros.

O mais importante de um evento dessa natureza é ver o sorriso estampado no rosto de uma criança. É importante ainda para unir e aproximar as pessoas, tanto as que fazem as doações como as crianças que participaram da festa.

É um gesto simples que foi proporcionado para a comunidade, mas que sirva para repensarmos nos demais dias do ano nossas atitudes em relação às pessoas carentes, que muitas das vezes não tiveram as mesmas chances que tivemos na vida.

Toda a sociedade deve assegurar no mínimo que os direitos fundamentais das pessoas carentes e necessitadas sejam assegurados como: saúde, educação, segurança, trabalho, etc. As pessoas têm direito não apenas à vida, mas que a uma vida digna, ou seja, ao mínimo existencial.

As pessoas carentes não podem e não devem serem tratadas de maneira inconsequente e não podem continuar a sofrer inaceitável processo de exclusão que as coloca, injustamente, à margem das grandes conquistas jurídicas e sociais.

Esta tarefa (inclusão social )é de todos; que cada um de nós, neste início de ano, reflita sobre a nossa responsabilidade em relação ao próximo e possamos praticar a caridade e a solidariedade, ajudando aqueles que pouco tem e lutando para que a justiça seja feita em relação a eles (seja social, seja jurídica).”

natal_iguatama2
 Natal Solidário em Iguatama

Fonte: Ascom/DPMG (26/12/2013)


Transparência

O que é?

O objetivo dessa sessão é permitir o acesso transparente, rápido e fácil aos documentos e informações relacionadas à Execução Orçamentária e Financeira, Licitações, Contratos e Convênios.

saiba mais >