Defensoria Pública de Minas Gerais

Igualdade e cidadania para todos


Defensoria Pública participa de ação em Vespasiano


Por Ascom em 9 de dezembro de 2013

Foi realizada, no dia 31 de novembro (sábado), mais uma edição do projeto conjunto entre a Defensoria Pública de Minas Gerais, a Assembleia Legislativa de Minas Gerais e a TV Band Minas para levar cidadania e serviços básicos para os cidadãos do interior do Estado. A ação foi realizada na Escola Estadual Maria da Piedade Fonseca, bairro Morro Alto, no município de Vespasiano, região metropolitana de Belo Horizonte.

Durante a jornada foram oferecidos vários serviços para a população. Os defensores públicos presentes, Vladimir de Souza Rodrigues e Hellen Caires Teixeira, realizaram orientações jurídicas e distribuíram cartilhas sobre educação em direitos. Participaram, também, os servidores Carla Araújo Lima, Eulina Cristina de Silva, Hernane Daniel Gandra Abreu, Jane Rodrigues Pires Costa, Júnia Almeida Damasceno, Luciana Ramos, Marcos Juliano Lessa Souza, Maria de Lourdes Reis, Rodrigo Santos Carvalhaes, Verinha dos Santos Batista e a funcionária do Sincor-MG, Lucy Cardoso.

a_DSC_2549

Os defensores público Hellen Caires, Vladimir Rodrigues e Eduardo Generoso com a equipe de servidores que atuaram na ação

Para o defensor público e coordenador de Atendimento da Instituição, Vladimir de Souza Rodrigues, é imprescindível a participação da Defensoria Pública em eventos comunitários desta natureza, pois aproxima a Instituição da população mais carente, tendo em vista a repercussão social, principalmente através da mídia. “Além do que a presença política da Defensoria Pública, com orientações jurídicas e educação em direitos, fortalece sua importância frente aos demais órgãos”, completou.

Além disso, foram oferecidas orientações do Procon Assembleia e serviços como emissão de carteiras de identidade e de trabalho; consultas ao Sistema de Proteção ao Crédito (SPC); exames oftalmológicos, medição de glicose e pressão arterial; exames de mamografias para mulheres entre 40 e 69 anos; consultas de vagas de emprego e cortes de cabelo. Para as crianças brincadeiras como cama elástica e pula-pula, além de palhaços com perna de pau.

a_DSC_2580

a_DSC_2616

Durante a atividade a Defensoria Pública distribuiu aproximadamente 200 kits contendo cartilhas educativas como violência contra a mulher e contra o idoso, direito do idoso e seguro Dpvat, entre outros. Para a montagem dos kits o Sincor-MG doou as canetas e as sacolas

Foram realizados 79 atendimentos jurídicos, na maioria da área cível, família e consumidor. De acordo com Vladimir Rodrigues, no caso de Vespasiano, que não tem Defensoria Pública, foram realizadas orientações jurídicas e encaminhamentos para a sede de ações que podem ser propostas em Belo Horizonte. “Como não tem Defensoria Pública na cidade, é de extrema relevância que a população local perceba a importância da Instituição e a falta que ela faz na comarca”, ressaltou o defensor público.

a_DSC_2584

Atendimento da DPMG

Cidadania

A defensora pública geral do Estado de Minas Gerais, Andréa Abritta Garzon, participou da abertura das atividades, acompanhada do assessor institucional, Eduardo Cyrino Generoso. Andréa Abritta agradeceu os parceiros da ação, manifestando a alegria e a honra da Instituição em participar, do que chamou de “festa da cidadania”. “É muito importante este tipo de evento, pois traz o serviço público para junto do povo.”

a_DSC_2642

Defensora geral fala sobre a importância da atividade

a_DSC_2603

A DPG Andréa Abritta e o presidente da ALMG, Dinis Pinheiro, junto com moradores que participaram da ação

Em sua fala, o presidente da ALMG, Diniz Pinheiro ressaltou que “poder servir, ajudar e colaborar é a essência da vida pública”. Já o diretor da Band Minas, José Saad Dualib, anunciou que o projeto continuará a ser realizado em 2014. Participaram também da abertura a diretora da Escola Estadual Maria da Piedade Fonseca, Rosângela Machado, e a pedagoga Ilce Rocha.

a_DSC_2614

Diretor geral da Band Minas, José Saad Duailibi; DPG Andréa Abritta; presidente da ALMG, Dinis Pinheiro; defensores públicos Hellen Caires, Vladimir Rodrigues e Eduardo Generoso e a equipe de servidores da DPMG

Palestras

Antecedendo a ação conjunta, os defensores públicos Wellerson Eduardo Corrêa, coordenador da Defensoria Especializada na Infância e Juventude Cível, e Francis de Oliveira Rabelo Coutinho, coordenadora do projeto Mesc: Mediação de Conflitos no Ambiente Escolar, realizaram palestras para os alunos da rede estadual de ensino público.

A defensora Francis Coutinho falou sobre o tema “Mediação de Conflitos como instrumento de cidadania na escola”.  A palestra foi realizada na E.E. Machado de Assis para cerca de 360 alunos do ensino médio. Na abertura, Francis Coutinho apresentou a Defensoria Pública aos alunos e sobre as atribuições do defensor público.

Para falar sobre o projeto Mesc, a defensora pública convidou um professor e duas alunas da Escola Estadual Dep. Eduardo Azeredo, também, em Vespasiano, onde o projeto já se encontra em desenvolvimento e onde, em dezembro, os mesmos irão ser certificados na segunda fase teórica do curso de mediação escolar agora em dezembro.

a_dinamica

Dinâmica de grupo

Os convidados falaram de suas experiências no projeto e da importância da mediação em suas vidas escolares e pessoal, ressaltando as mudanças positivas em suas relações interpessoais. Além disso, foi realizada dinâmica com os participantes, discutida a importância da inclusão e o respeito às diferenças.

a_dinamica2

Cerca de 360 alunos participaram da palestra sobre “Mediação de conflitos como instrumento de cidadania na escola”



Transparência

O que é?

O objetivo dessa sessão é permitir o acesso transparente, rápido e fácil aos documentos e informações relacionadas à Execução Orçamentária e Financeira, Licitações, Contratos e Convênios.

saiba mais >