Defensoria Pública de Minas Gerais

Igualdade e cidadania para todos


Defensoria Pública participa de audiência da Assembleia Legislativa sobre as contribuições de Paulo Freire para a educação


Por Ascom em 21 de setembro de 2017

A defensora pública Francis de Oliveira Rabelo Coutinho participou, na quarta-feira, dia 20, da audiência pública da Comissão de Educação, Ciência e Tecnologia da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), que debateu as contribuições do educador e filósofo brasileiro Paulo Freire para a área da educação, bem como a importância mundial de seu pensamento e obra.

Defensora pública Francis Coutinho (Foto Luiz Santana/ALMG)

Em sua explanação, Francis Coutinho ressaltou que a proposta da escola sem partido contraria a essência da escola, que é um lugar de conflito. “Mas isso é bom, pois o conflito em si não é positivo nem negativo, mas sim transformador quando há respeito às diferenças. A escola tem que tomar partido em tudo, essa é a verdadeira educação libertadora de Paulo Freire”, frisou.

Para a defensora pública “conflito é diferente de violência, sendo manifestação da ordem democrática, onde se apresente”. Destacou que “o trabalho mediativo nas escolas não é a transferência de conhecimento, mas a sua produção e construção, conforme a pedagogia de Freire”.

Fonte: Ascom/DPMG, com informações da ALMG (21/09/2017) 

 



Transparência

O que é?

O objetivo dessa sessão é permitir o acesso transparente, rápido e fácil aos documentos e informações relacionadas à Execução Orçamentária e Financeira, Licitações, Contratos e Convênios.

saiba mais >