Defensoria Pública de Minas Gerais

Igualdade e cidadania para todos


Defensoria Pública participa de ciclo de debates sobre as mulheres na ALMG


Por Ascom em 31 de março de 2017

A assessora Institucional, Cibele Cristina Maffia Lopes, representou o defensor público-geral em exercício, Wagner Geraldo Ramalho Lima, na abertura do Ciclo de Debates “Pela Vida das Mulheres: Educação, Enfrentamento do Machismo e Garantia de Direitos” promovido pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), na quinta-feira (30/03).

O evento contou ainda com a participação da coordenadora da Defensoria Especializada na Defesa da Mulher em Situação de Violência, Maria Cecilia Pinto e Oliveira; e das defensoras públicas também em atuação na Especializada, Samantha Vilarinho Mello Alves e Lívia Linhares Ribeiro; além de parlamentares, especialistas, autoridades e representantes do movimento feminista na ALMG.

a_dsc_1954

Assessora Institucional, Cibele Cristina Maffia Lopes (2ª posição, à direita), compõe a mesa de honra

A cobrança por maior presença feminina nas instâncias de poder foi uma das demandas apresentadas no ciclo de debates, que marcou o mês de março como momento de mobilização e luta pela garantia dos direitos das mulheres e pela igualdade de gênero contra o machismo. As participantes ressaltaram a importância da criação de uma frente parlamentar que lute pelos direitos das mulheres e da aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 16/15, que tem o objetivo de garantir a presença de pelo menos uma mulher na Mesa da ALMG.

Cibele Maffia destacou o comprometimento da Defensoria Pública com as mulheres. “Renovamos o compromisso de avançarmos, de resistirmos aos retrocessos, de ocuparmos efetivamente nossos espaços e mostrarmos nosso devido valor. A Defensoria está aqui para renovar esses compromissos e se unir às mulheres, para juntos construirmos as soluções para nossas batalhas diárias”, afirmou.

O machismo ainda presente no mercado de trabalho, em especial nos espaços de poder e representação, e os desafios enfrentados cotidianamente pelas mulheres no ambiente corporativo e nas instituições públicas foram abordados em três painéis, um deles, com a participação da coordenadora do Núcleo de Defesa da Mulher da Defensoria Pública de Mato Grosso, Rosana Leite Antunes de Barros.

Protesto – Antes do ciclo de debates, manifestantes fizeram um ato de repúdio ao machismo, na entrada do Palácio da Inconfidência.

a_dsc_1950

Coordenadora da Defensoria Especializada na Defesa da Mulher em Situação de Violência, Maria Cecilia Pinto e Oliveira; desembargadora Kárin Emmerich; assessora Institucional, Cibele Cristina Maffia Lopes; e a promotora de Justiça, Patrícia Habkouk

 

samantha

Defensoras públicas Lívia Linhares Ribeiro, Rosana Leite Antunes de Barros (DPE/MT), Samantha Vilarinho Mello Alves e Maria Cecilia Pinto e Oliveira

Fonte: Ascom / DPMG, com informações da ALMG (31/03/2017)



Transparência

O que é?

O objetivo dessa sessão é permitir o acesso transparente, rápido e fácil aos documentos e informações relacionadas à Execução Orçamentária e Financeira, Licitações, Contratos e Convênios.

saiba mais >