Defensoria Pública de Minas Gerais

Igualdade e cidadania para todos


Defensoria Pública participa de fóruns regionais em Barbacena, Governador Valadares e Manhuaçu


Por Ascom em 18 de agosto de 2015

Representando a defensora pública-geral, Christiane Neves Procópio Malard, o coordenador local de Barbacena, Felipe Rocha; o coordenador local substituto de Caratinga, Moacyr Costa Rabello; o defensor Gilvan de Oliveira Machado, em atuação em Governador Valadares, participaram da instalação e abertura da segunda fase dos Fóruns Regionais, realizados pelo governo estadual.

Barbacena

A cidade de Barbacena recebeu na quarta-feira, 12, a segunda etapa do Fórum Regional de Governo para o Território Vertentes. Este encontro apontou os problemas e as necessidades da região por meio do Diagnóstico Territorial, quando representantes de movimentos sociais, igrejas, sindicatos e empresários, escolheram as prioridades das 50 cidades que compõem a região. O evento foi realizado na Escola Estadual Professor Soares Ferreira.

forumbarbacenafinal

Defensor Felipe Rocha defendeu a criação da Defensoria Pública em todas as comarcas do Estado

De acordo com o defensor Felipe Rocha “a iniciativa do Estado de Minas Gerais, de realização dos fóruns regionais, concretiza a ideia de Estado Democrático de Direito, proporcionando a inclusão política, o que aumenta o grau de participação dos cidadãos na vida pública, pela abertura de novos canais que complementam as instituições representativas tradicionais, tendo como virtude não apenas a ampliação das possibilidades de articulação de interesses e opiniões, mas também por propiciarem maior reflexão e a aproximação de posições diferentes, aumentando a legitimidade das decisões estatais, quando da concretização de políticas públicas”.

Durante o encontro o coordenador local de Barbacena defendeu “a criação de um fundo de aparelhamento da Defensoria Pública de Minas Gerais; encaminhamento para a Assembleia Legislativa de Minas Gerais, da lei que institui a carreira de apoio da Defensoria Pública; efetivação de forma gradativa da EC 80/14, que estabelece a criação da Defensoria Pública em todas as comarcas do Estado; realização de concursos públicos periódicos para o preenchimento dos cargos existentes, tais como os das comarcas de Barroso, Carandaí e Alto Rio Doce”.

Governador Valadares

Cerca de mil pessoas participaram da instalação do Fórum Regional de Governo do Vale do Rio Doce, em Governador Valadares, na quinta-feira, 13, no campus da Universidade Vale do Rio Doce (Univale). O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, defendeu, durante a solenidade, a importância da participação popular na criação de projetos e a regionalização de políticas públicas no Estado. E também anunciou a retomada das obras de pavimentação do trecho ligando os municípios de Santa Rita do Itueto e Resplendor.

Governador Valadares : Governador Pimntel  data 13/08/2015 credito : Marcelo Sant Anna .

No encontro em Governador Valadares o governador Fernando Pimentel anunciou a retomada de obras rodoviárias na região (Foto Marcelo Sant’Anna/Imprensa MG)

O Território Vale do Rio Doce reúne 49 municípios, com uma população total de 647 mil habitantes. O Vale do Rio Doce, ocupando o 9º lugar nos Territórios com maior densidade demográfica, tem a maioria de sua população (77,64%) morando em área urbana.

A Defensoria Pública foi representada no encontro pelo defensor Gilvan de Oliveira Machado, em atuação em Governador Valadares.

Manhuaçu

O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, anunciou no sábado, 15, em Manhuaçu, durante a instalação do Fórum Regional de Governo – Território do Caparaó, a liberação de R$ 143,5 milhões para os produtores e cooperativas de produção de Minas por meio do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé). Pimentel também destacou a retomada de importantes obras para a região, como as de melhoria do aeroporto de Manhuaçu e a renovação de convênios na área da saúde.

IMG_5083

Defensor Moacyr Costa Rabello destacou a importância da participação da sociedade na escolha das prioridades para a região

O Território Caparaó reúne 55 municípios, com uma população total de 676 mil habitantes, é responsável por 2% do PIB mineiro.



Transparência

O que é?

O objetivo dessa sessão é permitir o acesso transparente, rápido e fácil aos documentos e informações relacionadas à Execução Orçamentária e Financeira, Licitações, Contratos e Convênios.

saiba mais >