Defensoria Pública de Minas Gerais

Igualdade e cidadania para todos


Defensoria Pública participa de solenidade do Tribunal de Justiça de Minas Gerais para marcar expansão do PJe


Por Ascom em 22 de junho de 2016

No dia 21 de junho, o defensor público-geral em exercício, Wagner Geraldo Ramalho Lima, foi representado pela assessora de Planejamento e Infraestrutura, Maria Valéria Valle da Silveira, membro do comitê do grupo gestor do Processo Judicial Eletrônico (PJe), na solenidade promovida pelo presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), , desembargador Pedro Bitencourt Marcondes, para marcar a conclusão da implantação do PJe nas 29 comarcas de entrância especial da Justiça Estadual.

SONY DSC

A assessora de Planejamento e Infraestrutura, Maria Valéria Valle da Silveira (2ª posição, è direita), representou o DPG em exercício na solenidade

Com a presença de diversas autoridades, simbolizando a adesão das comarcas para a expansão do PJe, além da preservação das plantas com a economia de papel proporcionada pelo meio eletrônico, o presidente do TJMG, desembargador Pedro Bitencourt Marcondes, plantou uma árvore nos jardins do Fórum Lafayette, em Belo Horizonte. Até o final do ano, as outras 28 comarcas, em que o PJe foi implantado, irão receber também uma muda de árvore.

O presidente do TJMG, desembargador Pedro Bitencourt Marcondes, destacou que o PJe foi uma das principais metas de modernização propostas pela sua gestão e que, “hoje, implantado em 29 comarcas, representa 55% do volume de processos que dão entrada na Justiça mineira.” O desembargador ressaltou que o sucesso do PJe deve-se ao trabalho articulado da presidência do órgão, da Corregedoria-Geral, da 2ª vice-presidência, além dos parceiros externos, como a Defensoria Pública, Ministério Público, Procuradoria do Estado e advocacia.

SONY DSC

Presidente do TJMG, desembargador Pedro Bitencourt Marcondes; assessora de Planejamento e Infraestrutura, Maria Valéria Valle da Silveira; e o corregedor-geral de Justiça, desembargador Antônio Sérvulo dos Santos

Pje

O PJe é um sistema de informação desenvolvido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), em parceria com os tribunais, para a modernização do Judiciário, e permite a realização de todos os atos processuais no meio eletrônico.

Em Minas Gerais, foi implantado pelo TJMG como projeto-piloto, em setembro de 2012, nas Varas Regionais do Barreiro. Desde então, já foram distribuídas por meio eletrônico 440.853 ações.

Clique aqui para conferir outros números do PJe no TJMG.

Fonte: Ascom / DPMG, com informações do TJMG (22/06/2016)



Transparência

O que é?

O objetivo dessa sessão é permitir o acesso transparente, rápido e fácil aos documentos e informações relacionadas à Execução Orçamentária e Financeira, Licitações, Contratos e Convênios.

saiba mais >