Defensoria Pública de Minas Gerais

Igualdade e cidadania para todos


Defensoria Pública participa do seminário Minas Gerais contra a febre amarela


Por Ascom em 16 de janeiro de 2017

O coordenador Local em Teófilo Otoni, Ubirajara Chaves de Moura Júnior, representou o defensor público-geral em exercício, Wagner Geraldo Ramalho Lima, no Seminário “Minas Gerais contra a Febre Amarela”, realizado na sexta-feira, dia 13, no Clube Palmeiras, em Teófilo Otoni, com o objetivo de conscientizar a população sobre os riscos, prevenção e imunização contra a doença.

a_dsc_3352

O coordenador Local em Teófilo Otoni, Ubirajara Chaves de Moura Júnior (terceiro da esquerda para a direita, na primeira fila) no seminário Minas Gerais Contra a Febre Amarela (FOTO: Carlos Alberto/ Imprensa MG)

Durante o evento, o governador Fernando Pimentel anunciou um investimento de R$ 26 milhões com o objetivo de combater a febre amarela. Desse valor, R$ 14,4 milhões serão repassados para Teófilo Otoni, Governador Valadares e região e R$ 11,6 milhões às regiões de Coronel Fabriciano e Manhumirim.

O governo de Minas decretou situação de emergência nos 152 municípios afetados pela ocorrência de casos de febre amarela.

a_img_6712

O coordenador Local de Caratinga, Paulo César de Azevedo Almeida, durante o seminário

A cidade de Caratinga também recebeu o seminário, na sexta-feira, dia 13. O coordenador Local, Paulo César de Azevedo Almeida, representou a Instituição, no encontro. Participaram do evento prefeitos, secretários de saúde e vereadores de 152 municípios do Leste e Nordeste do Estado. Até a data de realização do seminário, já haviam sido notificados 24 casos da doença nos municípios integrantes da comarca de Caratinga, com quatro óbitos.

O seminário compõe o conjunto de medidas governamentais de enfrentamento ao vírus e à sua transmissão, com a finalidade de orientar as autoridades locais sobre a campanha emergencial de vacinação e demais providências de profilaxia. De acordo com Paulo César Almeida, “destacou-se, ao longo da palestra ministrada, o elevado índice de letalidade da doença, bem como o ônus provocado pela febre amarela ao sistema público de saúde”.

Fonte: Ascom/DPMG (16/01/2017), com informações da Agência Minas



Transparência

O que é?

O objetivo dessa sessão é permitir o acesso transparente, rápido e fácil aos documentos e informações relacionadas à Execução Orçamentária e Financeira, Licitações, Contratos e Convênios.

saiba mais >