Defensoria Pública de Minas Gerais

Igualdade e cidadania para todos


Defensoria Pública participa do V Seminário de Política Criminal e Execução Penal


Por Ascom em 20 de novembro de 2014

Na segunda e terça-feira (17 e 18/11), o Conselho de Criminologia e Política Criminal do Estado de Minas Gerais e a ALMG promoveram o V Seminário de Política Criminal e Execução Penal.

O evento, além de homenagear juristas e personalidades que se destacaram na execução penal, discutiu políticas relacionadas, como: preso provisório, monitoração eletrônica, alvará eletrônico, oportunidades de trabalho para ex-infratores, assédio sexual e moral nos presídios e código de ética dos agentes penitenciários.

A defensora pública geral do Estado de Minas Gerais, Christiane Neves Procópio Malard, representou a Instituição na cerimônia de abertura. Também prestigiaram o evento a chefe de gabinete, Maria Elizabeth Vitral Amaro; e a assessora Institucional, defensora Diana de Lima Prata Camargos.

a_DSC3002

Defensora geral, Christiane Procópio Malard (3ª posição, à esquerda), compõe a mesa de honra

Homenagem

O defensor público Gustavo Francisco Dayrell de Magalhães Santos, em atuação em Janaúba, foi uma das autoridades homenageadas pelo presidente do Conselho de Criminologia e Política Criminal, Marcos Afonso de Souza.

A homenagem aconteceu durante a abertura do seminário ocorrida nesta segunda-feira (17/11), em Reunião Especial no Plenário da ALMG.

a_DSC3037

Presidente do Conselho de Criminologia e Política Criminal, Marcos Afonso de Souza; e o defensor público Gustavo Dayrell

Paineis

O seminário continuou na terça (18/11), em duas audiências da Comissão de Segurança Pública, que trataram de questões como monitoramento eletrônico de presos, alvará eletrônico e assédio moral no âmbito do sistema prisional.

O assessor Institucional da DPMG, defensor público Nikolas Stefany Macedo Katopodis, foi um dos expositores do painel “Monitoração eletrônica”. O painel foi coordenado pela desembargadora do TJMG e coordenadora do Programa Novos Rumos, Márcia Maria Milanez. Nikolas Stefany Macedo Katopodis destacou a importância de se atuar em conjunto. “É preciso uma atuação conjunta, pois o problema é de todos: do juiz, do defensor público, do promotor. O indivíduo está sob a custódia do Estado, e é em conjunto que encontraremos uma resposta”, afirmou o defensor.

A__DSC3059

Assessor Institucional da DPMG, defensor público Nikolas Stefany Macedo Katopodis

A assessora Institucional da DPMG e conselheira do Conselho de Criminologia e Política Criminal do Estado de Minas Gerais, defensora pública Marina Lage Pessoa da Costa, coordenou o painel “Alvará Eletrônico”, que teve como expositores o juiz da Corregedoria‑Geral de Justiça do TJMG, Bruno Teixeira Lino; e o gerente de Orientação dos Serviços Judiciais Informatizados da Corregedoria-Geral de Justiça do TJMG, Sílvio Renato de Oliveira.

SONY DSC

Assessora Institucional da DPMG e conselheira do Conselho de Criminologia e Política Criminal do Estado de Minas Gerais, defensora pública Marina Lage Pessoa da Costa (ao centro)

presidente marcos afonso de souza e ana avila_DSC2983

Assessora Institucional, defensora Diana de Lima Prata Camargos; defensora geral, Christiane Procópio Malard; Presidente do Conselho de Criminologia e Política Criminal, Marcos Afonso de Souza; e a funcionária do Conselho, Ana Ávila

a_DSC2978

Defensora pública Marina Lage Pessoa da Costa; defensora geral, Christiane Procópio Malard; deputado João Leite, autor do requerimento que motivou o evento; e a assessora Institucional, defensora Diana de Lima Prata Camargos

a_DSC2974

Promotor de Justiça, Daniel Malard; DPG Christiane Procópio Malard; defensor público Gustavo Dayrell; e a assessora Institucional, Diana de Lima Prata Camargos

Fonte: Ascom / DPMG, com informações da ALMG (20/11/2014)



Transparência

O que é?

O objetivo dessa sessão é permitir o acesso transparente, rápido e fácil aos documentos e informações relacionadas à Execução Orçamentária e Financeira, Licitações, Contratos e Convênios.

saiba mais >