Defensoria Pública de Minas Gerais

Igualdade e cidadania para todos


Defensoria Pública promove casamento comunitário para 30 casais em Ponte Nova


Por Ascom em 2 de outubro de 2018

A Defensoria Pública em Ponte Nova promoveu no sábado, dia 29 de setembro, o casamento comunitário para 30 casais, recebidos na escola municipal Dr. José Mariano pela Banda Santíssima Trindade. A cerimônia foi realizada às 16h, e contou com a entrada dos noivos e a dama de honra sobre tapete vermelho, ao som da marcha nupcial, declamação de poesias, acompanhamento ao violino por Natália Corcini e ao ´piano por Túlio Cavalcanti e troca de alianças. Noivos e convidados receberam bem casados, bolo e doces em comemoração.

De acordo com a defensora pública e conselheira, Fernanda de Sousa Saraiva, em atuação em Ponte Nova, “a cerimônia foi carregada de emoção e sentimento, visível em todos os presentes, principalmente nos casais, que realizavam o sonho de legalizar a união. A Defensoria Pública agradece aos parceiros que colaboraram para a realização do casamento, proporcionando ao cidadão hipossuficiente a oportunidade do pleno exercício da cidadania”, frisou.

Compuseram a mesa diretora da solenidade as defensoras públicas Fernanda Saraiva e Maria Antonieta Rigueira Leal Gurgel, o presidente do Rotary Club Ponte Nova, José Diogo de Freitas, a presidente da seção da Ordem dos Advogados do Brasil, Maria da Glória Cunha Carneiro, a ouvidoria do Município, Sílvia Lanna, o vice-presidente da Câmara Municipal, Antônio Carlos da Silva e os Oficiais dos 1º e 2º Cartórios de Registro Civil.

Foram parceiros da Defensoria Pública na iniciativa: Rotary Club de Ponte Nova, Prefeitura Municipal, Shirley Cerimonial, Eliane Calais Decoração, Sicoob-JUS-MP, Natália Corcini, Banda Santíssima Trindade, Polícia Militar, Folha de Ponte Nova, Rádio Líder e Jornal Líder, Casa das Flores, Percepção Musical, Saudali, TV Educar, Emerson Carvalho DJ, Café Piranga e Produtos Mary Kay.

O casamento Comunitário é uma das ações extrajudiciais e de alcance social que a DPMG tem realizado e que busca tornar possível ao vulnerável o pleno exercício da cidadania. Tem o objetivo de promover a regularização jurídica de casais que ainda não têm a união oficializada, legitimando a sua vida conjugal, promovendo a inclusão social e resgatando, entre outros, a autoestima. As próximas edições do casamento comunitário serão realizadas no município de Ribeirão das Neves. Além de Ponte Nova realizaram casamento este ano os municípios de Belo Horizonte, Ubá e Curvelo, entre outros.

A defensora pública Fernanda Saraiva e autoridades que compuseram a mesa diretora da cerimônia

Noivos entraram no salão ao som da marcha nupcial antecedidos por dama de honra

O casamento comunitário realizou o sonho de legalizar a união de muitos casais

Convidados lotaram o salão para a solenidade

Casamento foi momento de emoção e sentimento

A Banda Santíssima Trindade recebeu os noivos para a solenidade e acompanhamento da cerimônia

Convidados e noivos comemoram o casamento com doces, bolo e bem casados

Casamento foi momento de emoção e sentimento



Transparência

O que é?

O objetivo dessa sessão é permitir o acesso transparente, rápido e fácil aos documentos e informações relacionadas à Execução Orçamentária e Financeira, Licitações, Contratos e Convênios.

saiba mais >