Defensoria Pública de Minas Gerais

Igualdade e cidadania para todos


“Defensoria sem Fronteiras” apresenta balanço parcial


Por Ascom em 16 de fevereiro de 2017

O programa “Defensoria Sem Fronteiras” atendeu até agora 680 pessoas privadas de liberdade em Manaus, no Amazonas. O programa é uma iniciativa do Colégio Nacional dos Defensores Públicos Gerais (Condege), com o apoio das Defensorias Públicas da União, do Distrito Federal e dos estados. A força-tarefa composta por 76 defensores públicos dos Estados e da União vai atender 5.600 reclusos – tanto homens como mulheres – sentenciados, ou seja, condenados que já cumprem pena definitiva, e também, presos provisórios.

a_img_-2017

As defensoras públicas Ana Laura Sá, da Defensoria Pública do Pará, e Alessa Pagan, da DPMG

 

amazonas

Os defensores públicos Camila Souza Reis e Bruno César Canola durante atendimento em Manaus

A Defensoria Pública do Estado de Minas Gerais está representada pelos defensores públicos, Bruno César Canola, Flávio Aurélio Wandeck Filho, Camila Souza Reis Gomes e Alessa Pagan Veiga, que coordena a força-tarefa no Amazonas. A equipe realizou atendimento especializado no presídio feminino, levando em consideração os casos de mulheres com filhos até 12 anos incompletos.



Transparência

O que é?

O objetivo dessa sessão é permitir o acesso transparente, rápido e fácil aos documentos e informações relacionadas à Execução Orçamentária e Financeira, Licitações, Contratos e Convênios.

saiba mais >