Defensoria Pública de Minas Gerais

Igualdade e cidadania para todos


Extrema e Cambuí têm novas instalações da Defensoria Pública de Minas Gerais


Por Ascom em 3 de maio de 2018

As comarcas de Extrema e Cambuí, na região Sul do Estado, receberam novas instalações da Defensoria Pública de Minas Gerais. As solenidades de inauguração foram realizadas nos dias 2 e 3 de maio e contaram com a presença da defensora pública-geral do Estado, Christiane Neves Procópio Malard, além de diversas autoridades locais.

A iniciativa integra a política institucional de unidades custeadas com recursos próprios, possibilitando o exercício da autonomia da DPMG e melhorias para os assistidos e defensores públicos. Visa, ainda, à padronização do atendimento, em um conceito de humanização e dignidade da assistência jurídica prestada ao cidadão vulnerável.

As instalações são mais confortáveis e adequadas do que as anteriores, com acessibilidade facilitada, sala de espera e atendimento dos defensores públicos em salas individuais, preservando a privacidade dos assistidos.

dsc_1652_2018_05_03

Descerramento da placa de inauguração em Extrema

dsc_1835_2018_05_03

DPG e demais autoridades descerram a placa de inauguração da unidade de Cambuí

Extrema

A defensora pública-geral, Christiane Neves Procópio Malard, iniciou sua fala mencionando as palavras do professor e jurista Celso Antônio Bandeira de Mello. “Não há nada mais nobre do que a Defensoria Pública. É a coisa mais linda que alguém pode fazer na vida. Se me voltassem os anos, eu seria um defensor público”. Christiane Malard destacou o sentimento nobre que advém de saber que algo de bom foi feito em prol de outros e citou a inauguração da nova sede e dos trabalhos da DPMG em Extrema como exemplo.

A defensora-geral manifestou sua alegria em estar na comarca, afirmando que “não poderia terminar seu mandato sem ir à Extrema. Nos últimos quatro anos, inauguramos e estruturamos quase 60 unidades em todo o interior do Estado e é com muito carinho que hoje estamos aqui inaugurando esta sede, que significa mais acesso à Justiça para a população desta linda cidade”.

Ressaltou que “onde o cidadão carente está, a Defensoria Pública deve estar. Este é o mandamento imposto pela Carta da República e é a meta da nossa gestão”, afirmou.

dsc_1685_2018_05_03

DPG Christiane Malard

Christiane Malard salientou que, “apesar de todos os obstáculos e diante deste cenário de crise econômico-financeira e orçamentária, que atinge não apenas a Defensoria, mas todos os Poderes e instituições, estamos aqui hoje, com muita luta, mas também, com muita esperança. Em hipótese alguma, não podemos deixar apagar em nossos corações, a chama da esperança de uma Defensoria Pública realmente forte e autônoma e presente em todas as comarcas do Estado de Minas Gerais”.

Christiane Malard agradeceu o empenho e o trabalho realizado pelo coordenador Local, Sérgio dos Santos, “batalhador, humano e competente defensor público” e, ainda, ao coordenador da Regional Sul de Minas, Cristiano Maia Luz.

A defensora-geral agradeceu ao governador de Minas Gerais e sua equipe de trabalho, “que permitiram recursos públicos para que pudéssemos investir na estruturação e inauguração de uma sede como esta”, e deixou uma mensagem de agradecimento a todos os parceiros da Defensoria Pública – “Prefeitura Municipal; Tribunal de Justiça; Poder Legislativo estadual, hoje, em especial, nos nomes dos deputados estaduais Dalmo Ribeiro, Tiago Ulisses e Ulysses Gomes, grandes apoiadores da DPMG e que não puderam estar presentes nesta solenidade; Câmara Municipal, Ministério Público, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), além das Polícias Militar e Civil e Corpo de Bombeiros”.

Christiane Malard estendeu seus cumprimentos à sociedade civil, à imprensa e a cada cidadão assistido pela Defensoria Pública. “Cabeças erguidas, seguimos em frente, caminhamos e caminharemos juntos, porque o nosso sentimento de uma Defensoria Pública forte, autônoma e atuante não pode parar”.

O coordenador Local, Sérgio dos Santos, ressaltou “ser de grande importância” a presença da defensora pública-geral, Christiane Malard, na comarca de Extrema, pois assim, “não me sinto como Dom Quixote, lutando conta o moinho de vento sozinho”.

Sérgio dos Santos agradeceu a compreensão de todos, “especialmente das autoridades com as quais convivo”, destacando que a urbanidade tem prevalecido.

dsc_1703_2018_05_03

Coordenador Local, Sérgio dos Santos

Diversas autoridades prestigiaram a cerimônia, entre elas, a chefe de gabinete da Defensoria-Geral, Raquel Gomes de Sousa da Costa Dias; o prefeito de Extrema, João Batista da Silva; a diretora do Foro da comarca, juíza de Direito Maria Fernanda Manfrinato Braga; a promotora de Justiça Rogéria Cristina Leme; a presidente da 158ª Subseção da OAB/MG, Patrícia Carneiro Ahualli; o presidente da Câmara Municipal, Edvaldo Santos Júnior; o delegado regional de Polícia Civil, Renato Gavião; o delegado de Polícia Civil, Valdemar Lídio Gomes Pinto; o comandante do 3º Pelotão do Corpo de Bombeiros Militar, 1º ten. Claudinei Teles Silva; o comandante do 59º Batalhão de Polícia Militar, ten. cel.  Robson de Andrade Santos; o membro da Banda de Música da 17ª Região de Polícia Militar, sargento Reinaldo, que executou o Hino Nacional; além do chefe e do assessor do Centro de Segurança Institucional da DPMG, ten. cel. Westerson Guimarães e sargento Silva.

dsc_1639_2018_05_03

Dispositivo de autoridades: DPG Christiane Malard; defensor público Sérgio dos Santos; prefeito João Batista da Silva; promotora de Justiça Rogéria Cristina Leme; juíza de Direito e diretora do Foro, Maria Fernanda Manfrinato Braga; presidente da 158ª Subseção da OAB/MG, Patrícia Carneiro Ahualli; comandante do 59º Batalhão de Polícia Militar, ten. cel. Robson de Andrade Santos; delegado regional de Polícia Civil, Renato Gavião; comandante do 3º Pelotão do Corpo de Bombeiros Militar, 1º ten. Claudinei Teles Silva; delegado de Polícia Civil, Valdemar Lídio Gomes Pinto; e o chefe do Centro de Segurança Institucional da DPMG, ten. cel. Westerson Guimarães

dsc_1792_2018_05_03

Chefe de Gabinete, Raquel Gomes de Sousa da Costa Dias; defensora pública-geral, Christiane Malard; e o coordenador Local em Extrema, Sérgio dos Santos

dsc_1761_2018_05_03

Defensor público Sérgio dos Santos, defensora-geral, Christiane Malard; e o prefeito João Batista da Silva

Cambuí

“Sonho que se sonha só, é só um sonho. Sonho que se sonha junto se torna realidade”. Com essas palavras, a defensora pública-geral do Estado, Christiane Malard, abriu sua fala na solenidade de inauguração das novas instalações da DPMG em Cambuí, realizada na quinta-feira (03/05).

Christiane Malard lembrou que desde seu ingresso na Instituição, no 4º Concurso, assim como os demais defensores presentes, “já forjei em mim, o sonho de uma Defensoria forte e autônoma”.

A defensora-geral desculpou-se por, devido à intensa agenda, não ter ido antes a Cambuí, onde “temos colegas, técnicos, combativos e aguerridos e que também alimentam o mesmo sonho e o mesmo ideal”. 

Emocionada, Christiane Malard frisou a alegria de ir a unidades como “Extrema e Cambuí, onde temos defensores que valem por dez, e, no final da gestão, ver como valeu a pena todo esforço e toda dedicação. Sei que não estou sozinha nessa trajetória, mas sim acompanhada por valorosos colegas que, comigo, fizeram esse sonho se tornar realidade”.

dsc_1917_2018_05_03

Defensora pública-geral, Christiane Malard

A defensora-geral mencionou outras inaugurações de unidades custeadas com recursos próprios na Regional Sul de Minas, como Itajubá, Camanducaia e Extrema, salientando que são resultado de um planejamento de reestruturação e de fortalecimento dessas unidades da DPMG. “Estar inaugurando mais esta unidade aqui significa a corporificação de mais um modelo dessa estrutura.

Christiane Malard destacou que “é com prudência, compromisso e visão de futuro, que vamos, cada vez mais, melhorando a estrutura da casa da cidadania, promovendo justiça, segurança e bem-estar aos cidadãos vulneráveis, que são a razão de existir da Defensoria Pública”.

 “Paralelamente ao desafio da questão de pessoal, tanto do número de defensores públicos quanto servidores, há o desafio de estrutura, como o que ocorre aqui hoje. Melhoramos a estrutura física de mais de 50% das unidades do interior de todo o Estado. Isso nos deixa muito felizes pois, o ganho estrutural envolve a valorização dos defensores públicos e, principalmente, do cidadão, com dignidade e humanização do atendimento da Defensoria Pública de Minas Gerais”, afirmou Christiane Malard.

A defensora-geral fez agradecimentos aos defensores públicos da comarca, ressaltando que “nada seria possível sem o empenho dos valorosos colegas”; ao coordenador da Regional Sul de Minas, Cristiano Maia Luz; e a todas as instituições parceiras da Defensoria Pública.

O coordenador Local, Luciano Morgado Guarnieri, agradeceu à defensora-geral, Christiane Malard, “pelo seu empenho e pela sua gestão competente e comprometida com a Defensoria Pública”. Luciano Morgado falou sobre sua formação acadêmica ligada ao social e destacou a vocação da Defensoria Pública. “Costumo dizer que é uma devoção. Podemos tirar a beca, mas não tiramos o hábito. Eu era advogado tributarista na iniciativa privada e adentrar no âmago social é algo sensacional e indescritível, principalmente em um país com injustiça social como o nosso”, afirmou.

Ressaltou a parceria com o colega Mauro Batistela e frisou como suas qualidades a “técnica, ética e combatividade, atributos necessários à atuação de um defensor público. Agradeço pela convivência pacífica, harmoniosa e pelo aprendizado no cotidiano”.

dsc_1869_2018_05_03

Coordenador Local em Cambuí, Luciano Morgado Guarnieri

O defensor público Mauro Batistela Abdel Nour, que atua na comarca, agradeceu à defensora-geral pela presença e destacou sua presteza em atender a necessidade de mudança da unidade, “que se situava em um anexo do fórum da comarca, estruturando esta sede da melhor forma possível”.

Ao mencionar o coordenador Local, defensor público Luciano Morgado Guarnieri, “colega e amigo, com quem há sete anos divido as dificuldades e as vitórias do dia a dia”, Mauro Batistela salientou a boa convivência entre eles, a competência profissional e dedicação do coordenador.

dsc_1854_2018_05_03

Defensor público Mauro Batistela Abdel Nour

A cerimônia contou ainda com a presença de várias autoridades, como a chefe de gabinete da Defensoria-Geral, Raquel Gomes de Sousa da Costa Dias; o coordenador Local em Extrema, Sérgio dos Santos; a procuradora do Município, Nayara Bruna da Silva, representando o prefeito de Cambuí, Tales Tavares; o diretor do Foro da comarca, juiz de Direito Adriano Leopold Busse; o delegado regional de Polícia Civil, Renato Gavião; o comandante do 59º Batalhão de Polícia Militar, ten. cel.  Robson de Andrade Santos; o 2º ten. Vitor Silvério Gandra Machado, representando a 149ª Cia. da Polícia Militar em Cambuí; o vereador Welliton Nazario; o representante da Diretoria de Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Camabuí, Alysson Sampaio; a chefe do departamento de Cultura da Prefeitura, Isis de Oliveira; além do chefe e do assessor do Centro de Segurança Institucional da DPMG, ten. cel. Westerson Guimarães e sargento Silva.

dsc_1949_2018_05_03

Defensora-geral, Christiane Malard, acompanhada pelos defensores públicos Luciano Morgado e Mauro Batistela

dsc_1940_2018_05_03

Chefe de gabinete da Defensoria-Geral, Raquel Gomes de Sousa da Costa Dias; procuradora do Município, Nayara Bruna da Silva; defensora-geral, Christiane Malard; defensores públicos Luciano Morgado e Mauro Batistela; diretor do Foro da comarca, juiz de Direito Adriano Leopold Busse; e o comandante do 59º Batalhão de Polícia Militar, ten. cel. Robson de Andrade Santos

dsc_1953_2018_05_03

Coordenador Local, Luciano Morgado; DPG Christiane Malard; comandante do 59º Batalhão de Polícia Militar, ten. cel. Robson de Andrade Santos; e o chefe do Centro de Segurança Institucional da DPMG, ten. cel. Westerson Guimarães



Transparência

O que é?

O objetivo dessa sessão é permitir o acesso transparente, rápido e fácil aos documentos e informações relacionadas à Execução Orçamentária e Financeira, Licitações, Contratos e Convênios.

saiba mais >