Defensoria Pública de Minas Gerais

Igualdade e cidadania para todos


Grupo formado pelas Defensorias Públicas de Minas Gerais, Espírito Santo e da União recebe prêmio em Direitos Humanos


Por Ascom em 5 de abril de 2017

O grupo Interdefensorial do Rio Doce (Gird), formado pelas Defensorias Públicas de Minas Gerais, Espírito Santo e da União, recebeu menção honrosa no concurso de Casos de Litigância Estratégica em Direitos Humanos, realizado pela Defensoria Pública do Rio do Janeiro.

O prêmio foi recebido pela defensora pública e coordenadora do Gird em Minas Gerais, Luciana Leão Lara, durante o seminário nacional “Litigância Estratégica em Direitos Humanos: Usos, Sentidos e Práticas na Defensoria Pública”, entre os dias 29 de março e 1º de abril, no Rio de Janeiro.

rio_1

Os defensores mineiros, Luciana Leão Lara e Lucas Diz Simões, acompanhados dos defensores capixabas Vivian Almeida, Pedro Temer e Douglas Admiral e Mariana Sobral

O grupo foi homenageado em razão da atuação coordenada dos defensores públicos de Minas Gerais, Espírito Santo e da União, no tocante aos impactos sofridos pela população, em decorrência do rompimento da barragem de Fundão, em Mariana, em novembro de 2015.

Também presentes no seminário, os defensores públicos Fernanda de Souza Saraiva, coordenadora local da Defensoria Pública em Ponte Nova, e Lucas Diz Simões, em atuação na área Cível de Belo Horizonte, representando a coordenadoria da Defensoria Especializada em Direitos Humanos, Coletivos e Socioambientais (DPDH).

rio_2

As defensoras públicas Fernanda de Souza Saraiva, coordenadora local da Defensoria Pública em Ponte Nova e Luciana Leão Lara, chefe de gabinete da DPMG e coordenadora do Gird

Segundo a coordenadora do Gird em Minas, Luciana Leão Lara, a formalização da parceria com outras Defensorias Públicas contribui para uma maior eficiência na assistência jurídica, judicial e extrajudicial à população, além de fortalecer a educação em direitos. “O recebimento desta menção honrosa é fruto do trabalho em equipe desempenhado por todos os defensores públicos que, direta ou indiretamente, tiveram condições de se dedicar aos anseios dos impactados, em razão de um dos maiores desastres ambientais do país”, concluiu.

GIRD garante indenização às comunidades capixabas

No dia 31 de março, o Gird conseguiu, perante o Comitê Interfederativo (CIF), uma importante vitória para as vítimas do desastre da barragem de Fundão. Famílias em áreas costeiras do Espírito Santo, que antes não eram reconhecidas como atingidas pela tragédia, agora terão direito à reparação pelos impactos socioeconômicos que sofreram.

Clique aqui para ler a matéria da Defensoria Pública da União.



Transparência

O que é?

O objetivo dessa sessão é permitir o acesso transparente, rápido e fácil aos documentos e informações relacionadas à Execução Orçamentária e Financeira, Licitações, Contratos e Convênios.

saiba mais >