Defensoria Pública de Minas Gerais

Igualdade e cidadania para todos


Inaugurado Memorial da Assembleia de Minas


Por Ascom em 6 de dezembro de 2013

A defensora pública geral, Andréa Abritta Garzon, participou, no dia 28 de novembro, da inauguração do Memorial da Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Várias personalidades que fazem parte da história política de Minas Gerais estiveram presentes.  A cerimônia foi aberta pela cantora Fafá de Belém, que cantou o Hino Nacional Brasileiro. A artista foi a escolhida por ter sido a “musa” da campanha Diretas Já nos anos 1980, quando os brasileiros se uniram pela redemocratização do País.

a_DSC_2418

DPG Andréa Abritta, junto com o governador do Estado, Antonio Anastasia, e o vice-governador do Estado, Alberto Pinto Coelho, na inauguração do Memorial da Assembleia

a_DSC_2425

Mesa solene

Em seguida, o orador da solenidade, o ex-presidente da ALMG no período de 1981 a 1983, José Santana de Vasconcellos, afirmou que o Memorial permitirá a perpetuação da fidelidade de Minas aos princípios democráticos. “O sentido maior do Memorial é dar ciência histórica, é uma ferramenta que estamos utilizando para resgatar os anais do Legislativo mineiro, com seus embates, desafios e vitórias”.

Em seu discurso, o deputado Dinis Pinheiro explicou as bases sobre as quais o Memorial foi construído. “Ele foi concebido para dialogar com os visitantes, estimulando a reflexão sobre o papel de cada cidadão como protagonista da história. É um memorial vivo, uma obra aberta, inacabada. Quem visitá-lo sairá enriquecido e verá surgir em sua mente pensamentos que antes não imaginava”, destacou.

Após os discursos, Fafá de Belém voltou ao Plenário e, dessa vez, cantou a música “Coração de Estudante”, de Milton Nascimento e Wagner Tiso. Após a entrega das homenagens, a Orquestra Jovem de Contagem encerrou a solenidade.

Com o término da cerimônia, os presentes, entre eles o governador de Minas, Antonio Anastasia, foram convidados a visitar o Memorial, localizado no Espaço Democrático José Aparecido de Oliveira. Lá, a placa inaugural foi descerrada e, em seguida, os visitantes puderam conhecer e interagir com o espaço, além de aprenderem um pouco mais sobre a história do Legislativo do Estado.

Além da defensora pública geral, Andréa Abritta Garzon, participaram também os defensores públicos Eduardo Cyrino Generoso, assessor institucional da DPMG, e Sergio Riani do Carmo, em atuação na Defensoria Pública em Ubá.

Homenagens

Diversas personalidades que fizeram parte da história de Minas receberam homenagens durante a solenidade. Entre elas, estão políticos como o ex-presidente Tancredo Neves, o vice-governador Alberto Pinto Coelho e o ex-governador Milton Campos; ex-presidentes da ALMG; os deputados que perderam os mandatos devido a perseguição política, como Armando Ziller e Clodsmith Riani; artistas como Yara Tupinambás e Amílcar de Castro; servidores da Casa, como o ex-diretor-geral Antônio Geraldo Pinto e o servidor mais antigo, João Alves Cardoso; e as primeiras deputadas eleitas, Maria José Pena e Marta Nair Monteiro.

a_DSC_2415

Assessor institucional da DPMG, Eduardo Cyrino Generoso, DPG Andréa Abritta, e o defensor público Sergio Riani, juntos a um dos homenageados da noite, o ex-deputado mineiro Clodesmith Riani

Fonte: Ascom / DPMG, com informações da ALMG (06/12/2013)



Transparência

O que é?

O objetivo dessa sessão é permitir o acesso transparente, rápido e fácil aos documentos e informações relacionadas à Execução Orçamentária e Financeira, Licitações, Contratos e Convênios.

saiba mais >