Defensoria Pública de Minas Gerais

Igualdade e cidadania para todos


Mais nove hospitais mineiros receberão recursos do Estado, por meio do Pro-Hosp


Por Ascom em 2 de abril de 2014

“Melhorar a atenção hospitalar é uma das condições para melhora da qualidade de vida. Portanto, o Pro-Hosp tem como missão o cuidado com as pessoas”, disse a defensora pública geral, Andréa Abritta Garzon, durante a cerimônia realizada pela Secretaria de Estado da Saúde para anunciar os investimentos de R$ 5,6 milhões nos nove hospitais mineiros incorporados ao Programa de Fortalecimento e Melhoria da Qualidade dos Hospitais SUS/MG (PRO-HOSP), categoria Incentivo.

O anuncio foi feito pelo secretário de Estado de Saúde Alexandre Silveira, no dia 24 de março, na Cidade Administrativa.  As instituições e cidades contempladas são o Hospital São Judas Tadeu de Oliveira, Hospital Carlos Chagas de Itabira, Hospital São Vicente de Paula de Juiz de Fora, Hospital Regional de Janaúba, Hospital São Vicente de Paulo de Ubá, Hospital Santo Antônio, Clínicas Integradas Hospital Universitário de Uberaba, Hospital Municipal de Paracatu e Hospital Municipal-Maternidade de Ibirité.

a_IMG_1494

Durante a cerimônia, Andréa Abritta falou sobre o impacto direto das ações que envolvem saúde na qualidade de vida da população

Lançado pelo Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Saúde, em 2003, o Pro-Hosp foi concebido para redesenhar a rede hospitalar do Estado, melhorar o desempenho, o acesso e a resolutividade da assistência hospitalar. Além disso, o programa promove a regionalização, reduz os vazios assistenciais e fortalece as Redes de Atenção à Saúde do Sistema Único de Saúde do Estado (SUS/MG).

Fonte: Ascom/DPMG (02/04/2014) com informações da Agência Minas



Transparência

O que é?

O objetivo dessa sessão é permitir o acesso transparente, rápido e fácil aos documentos e informações relacionadas à Execução Orçamentária e Financeira, Licitações, Contratos e Convênios.

saiba mais >