Defensoria Pública de Minas Gerais

Igualdade e cidadania para todos


Palestras sobre crédito consciente, gestão motivacional e saúde marcam as atividades da Semana do Defensor


Por Ascom em 23 de maio de 2014

“O crédito, sob o aspecto financeiro, significa dispor a um tomador, recursos financeiros para fazer frente a despesas ou investimentos ou financiar a compra de bens.” Explicando o significado de crédito, o coordenador da Defensoria Especializada do Consumidor, defensor público Daniel Firmato de Almeida Glória iniciou a palestra “Uso consciente do crédito”.

A palestra abriu as atividades da quarta-feira (21), terceiro dia de comemorações da Semana da Defensoria Pública, seguida da apresentação do assessor da Chefia do Gabinete Militar do Governador, professor Márcio Barros, com o tema “Gestão da Motivação”.

SONY DSC

O defensor Daniel Firmato falou sobre as armadilhas do crédito fácil

Daniel Firmato falou sobre a sociedade de consumo, as diferenças entre o desejo e a necessidade, o endividamento das famílias e as principais causas do endividamento no Brasil. Ao final, o defensor público apresentou situações envolvendo empréstimos consignados. “O crédito para o consumo e seu mau uso pela sociedade, aliados à luminosidade das propagandas, levam os consumidores a buscar, na posse de determinados bens, a resposta para seus anseios e pelo desejo de felicidade”, sintetizou.

Gestão motivacional

Em seguida, o professor Márcio Barros falou sobre a importância de se ter motivação para aproveitar as oportunidades da vida. O palestrante explicou que motivação é saber administrar os impulsos internos e a percepção dos problemas. “Para isto é preciso ter conhecimento, habilidade e atitude. Saber administrar é também, entender as diversas percepções da vida. Para isso é preciso trabalhar as percepções e os motivos internos, que devem ser material e também, espiritual”, explicou.

SONY DSC

O professor Márcio Barros explicou sobre a importância da motivação para aproveitar as oportunidades da vida

Bem estar

Na quinta-feira, pela manhã, a jornalista e designer de comunicação, Lúcia Helena de Assis, falou sobre “Estresse oxidativo”. Em sua palestra, Lúcia Helena explicou que o estresse oxidativo é o dano causado pela excessiva carga de radicais livres, muito além do que o corpo humano suporta.

Esse aumento nos radicais livres, continuou a jornalista e designer gráfica, causa sérios danos às células, sendo a causa primária de muitas das doenças degenerativas crônicas como as cardiovasculares, câncer e diabetes, afetadas diretamente pela dieta e pelo estilo de vida.

Além dos agentes externos, tais como, exercícios físicos excessivos, poluição do ar e dos alimentos, má alimentação, tabagismo, entre outros fatores, os agentes internos, como o estresse emocional prolongado causado, por exemplo, por doenças na família, problemas financeiros e profissionais, também contribuem para o estresse oxidativo.

De acordo com Lúcia Helena, a prevenção é o melhor remédio. “A medicina consegue o diagnóstico antecipado, por meio de exames efetuados rotineiramente. Quando detecta alguma doença silenciosa, os tratamentos são extremamente dolorosos, caros e muitas vezes ineficazes. O importante é a prevenção: alimentação equilibrada, hidratação, repouso e atividade física moderada”.

Lúcia Helena explicou ainda que o mais importante é adotar um estilo de vida saudável. Principalmente, suplementação nutricional. “Nos últimos anos, nossos alimentos vêm de solos exauridos, recebem uma grande carga de defensivos agrícolas e passam por processos de durabilidade e melhoria da aparência até chegar ao consumidor final,” finalizou.

Palestra_estresse_Foto0424

Ao final da apresentação, foram sorteados brindes e feita degustação de suplementos alimentares



Transparência

O que é?

O objetivo dessa sessão é permitir o acesso transparente, rápido e fácil aos documentos e informações relacionadas à Execução Orçamentária e Financeira, Licitações, Contratos e Convênios.

saiba mais >