Defensoria Pública de Minas Gerais

Igualdade e cidadania para todos


Planejamento financeiro foi o tema da última edição de 2014 do Projeto “Sala de Espera”


Por Ascom em 30 de dezembro de 2014

No dia 18 de dezembro, foi realizada mais uma edição do Projeto “Sala de Espera”. A defensora pública Sabrina Ielo, em atuação na Defensoria Especializada de Consumidor, falou sobre planejamento financeiro e deu dicas de economia para os assistidos que compareceram no setor de Atendimento das Unidades I e II da Instituição na Capital.

Sabrina Ielo explicou que o equilíbrio financeiro é uma questão matemática e que o final de ano é o período ideal para se organizar o orçamento, devido à renda extra proporcionada pelo 13º salário.

A defensora aconselhou cada assistido a fazer uma lista de todas as dívidas e outra de todos os rendimentos, incluindo o 13º salário, que, conforme seu alerta, “deve servir para te tirar do sufoco, e não para comprar presente de Natal”.

SONY DSC

Liquidar as dívidas, começando pelas contraídas a juros mais altos, como o rotativo do cartão de crédito e cheque especial, foi a primeira dica da defensora. “Se não for possível quitar todas as dívidas de juros altos, avalie a possibilidade de contratar um empréstimo pessoal, que tem a taxa mais baixa, para pagar as de taxas mais altas. Mas não se esqueça de estudar as condições do financiamento e só assuma prestações que pode pagar”, continuou Sabrina.

Outra dica foi tentar pagar à vista os impostos de início de ano e aproveitar o desconto oferecido pelo pagamento antecipado. Para quem tem filhos em idade escolar, a defensora aconselhou pesquisar bastante antes de se adquirir o material. E, “se sobrar dinheiro, guarde. Ele vai evitar que você passe sufoco no ano que vem. Antes de ceder ao impulso do consumo, pense se você precisa mesmo daquele produto e se você pode comprá-lo”, completou a defensora.
Sabrina alertou sobre os juros altos praticados pelas financeiras, aconselhando os assistidos a evitarem, assim como o crédito consignado. “Apesar da taxa ser mais baixa, quando o empréstimo está quase quitado, o cliente recebe um telefonema do banco ou financeira e acaba sendo convencido a fazer novo empréstimo. Desconfie das ofertas muito boas”, disse.
Sabrina Ielo finalizou sua palestra aconselhando os assistidos a procurarem a Defensoria Pública antes de surgirem os problemas. “Estamos aqui também para orientar e não apenas resolver problemas. Para se ter uma vida financeira boa, é só contabilizar a renda e as despesas. Não se esqueçam que só podemos gastar o que temos. Programe-se para guardar um pouco todo mês, evitando ficar com o orçamento na risca. É muito fácil conseguir crédito, o difícil é pagar a dívida”, alertou a defensora.

Projeto “Sala de Espera”
É uma iniciativa da Coordenadoria de Capacitação, por meio de um projeto de educação em direitos e vem sendo apresentado pelos defensores públicos Sabrina Ielo e Daniel Firmato, em atuação na Defensoria Especializada de Consumidor.

A ação pretende fomentar a cultura da prevenção do problema, estimulando os assistidos a procurarem a Defensoria Pública antes de formalizarem os contratos.

A coordenadora de Capacitação, Hellen Caires, ressalta que a iniciativa está aberta a todos os colegas, nas mais diversas áreas atendidas pela Defensoria Pública.

A Coordenadoria de Capacitação, provisoriamente instalada junto à Coordenação de Projetos e Convênios, 2º andar, do Edifício Unidade I da Defensoria Pública, está à disposição de defensores e servidores para críticas e sugestões.

Fonte: Ascom / DPMG (23/12/2014)


Transparência

O que é?

O objetivo dessa sessão é permitir o acesso transparente, rápido e fácil aos documentos e informações relacionadas à Execução Orçamentária e Financeira, Licitações, Contratos e Convênios.

saiba mais >