Defensoria Pública de Minas Gerais

Igualdade e cidadania para todos


Projeto Além da Culpa recebe a Medalha do Mérito Legislativo em Juiz de Fora


Por Ascom em 3 de maio de 2018

O Projeto Além da Culpa – Justiça Restaurativa para Adolescentes, desenvolvido pela Defensoria Pública em Juiz de Fora, recebeu a Medalha do Mérito Legislativo, outorgada pela Câmara Municipal da comarca aos que prestaram serviços relevantes ao município, em suas áreas de atuação. A homenagem foi prestada na quinta-feira, dia 26 de abril, em sessão solene em comemoração aos 165 anos do Legislativo municipal. A coordenadora Regional Mata I, Ana Lúcia Gouvêa Leite, representou a Defensoria Pública de Minas Gerais na solenidade.

Conforme a defensora pública Ana Lúcia Gouvêa Leite, “o Mérito Legislativo recebido pelo Projeto Além da Culpa, dirigido pela defensora pública Maria Aparecida Rocha de Paiva, trouxe o reconhecimento merecido pelo trabalho realizado com as modernas práticas da Justiça Restaurativa, o que representou verdadeira mudança de paradigma do Poder Legislativo local que, assim, reconheceu a necessidade de mudança exigida pela sociedade atual diante do desafio do trabalho com Infância e Juventude”, ressaltou.

De acordo com a coordenadora do projeto, Maria Aparecida Rocha de Paiva, “a equipe do Além da Culpa ficou orgulhosa e feliz com a premiação, uma vez que a outorga da medalha de mérito legislativo demonstra que os resultados do Projeto vêm sendo percebidos pela sociedade juiz-forana. Receber uma medalha de reconhecimento, faz-nos perceber que estamos no caminho certo, colhendo os frutos de um grande trabalho. É muito gratificante e nos incentiva a ir além”, ressaltou.

Conforme Maria Aparecida Rocha, “o projeto Além da Culpa tem como finalidade o atendimento dos adolescentes em conflito com a lei, por meio da aplicação dos procedimentos restaurativos. Desde sua implantação, propiciou a obtenção de muitos resultados positivos e isso, além de estimular a equipe, traz conforto para os envolvidos no conflito, além mostrar à sociedade que os procedimentos restaurativos trazem decisões concretas e efetivas, fazendo com que as pessoas percam a falsa ideia de impunidade”, frisou.

dscn1954

O vereador José Márcio Lopes Guedes e a defensora pública Maria Aparecida Rocha de Paiva

Fonte: Ascom/DPMG, com informações da Câmara Municipal de Juiz de Fora (03/05/2018)



Transparência

O que é?

O objetivo dessa sessão é permitir o acesso transparente, rápido e fácil aos documentos e informações relacionadas à Execução Orçamentária e Financeira, Licitações, Contratos e Convênios.

saiba mais >