Defensoria Pública de Minas Gerais

Igualdade e cidadania para todos


Relação entre pais e filhos é tema do “Sala de Espera”


Por Ascom em 24 de agosto de 2016

Em mais uma edição do Projeto “Sala de Espera – Oficinas de Cidadania”, a defensora pública, Eliane Medeiros, proferiu a palestra “A parentabilidade e o abandono afetivo”, para os assistidos que aguardavam atendimento nas unidades da DPMG na capital, no dia 23 de agosto.

Em um bate papo com os assistidos, a defensora pública abordou a missão da maternidade e paternidade, que não se baseia apenas na assistência material aos filhos. “As necessidades do ser humano vão além do alimento, moradia e educação. Isto só não é o suficiente para sua criação saudável e equilibrada, o afeto é indispensável”, ponderou Eliane Medeiros.

A defensora pública explicou que a relação paterno-materno-filial exige compromisso e responsabilidade e, por isso, é fonte de obrigação jurídica estabelecida pela Constituição Federal de 1988, “que determina o comando dessa responsabilidade e obrigação com os princípios da dignidade humana, solidariedade, paternidade responsável e do melhor interesse da criança e do adolescente”. Eliane Medeiros ressaltou que a falta de convivência voluntária de um pai ou uma mãe com o seu filho afronta o princípio da dignidade humana, destacando que, não basta sentir o afeto, é necessário demonstrá-lo em ação, cuidado, interesse e participação.

A_DSC_2657

Defensora pública e coordenadora do Projeto “Sala de Espera”: “as consequências da falta de afeto podem ser graves”

Ao falar sobre o dever de assistência mútua entre pais e filhos, a defensora pública mencionou o artigo 226 da Constituição Federal, que cita a família como a base da sociedade, enfatizando que é fundada nos princípios da dignidade humana e da paternidade responsável; e, ainda, o artigo 229, que determina que “os pais têm o dever de assistir, criar e educar os filhos menores, e os filhos maiores têm o dever de ajudar e amparar os pais na velhice, carência ou enfermidade”. A defensora enfatizou que o exemplo é o maior ensinamento e que pais que cuidam e estabelecem uma relação de afeto com os filhos, geralmente, recebem assistência dos mesmos, quando necessário.

Eliane Medeiros finalizou a palestra convidando os presentes a refletirem sobre a relação que têm com os filhos.



Transparência

O que é?

O objetivo dessa sessão é permitir o acesso transparente, rápido e fácil aos documentos e informações relacionadas à Execução Orçamentária e Financeira, Licitações, Contratos e Convênios.

saiba mais >