Defensoria Pública de Minas Gerais

Igualdade e cidadania para todos


Reunião na DPMG discute monitoração eletrônica


Por Ascom em 27 de agosto de 2014

Na segunda-feira (25/08), defensores públicos lotados na Região Metropolita de Belo Horizonte com atuação na área criminal e na execução penal reuniram-se como o assessor Institucional, Nikolas Stefany Macedo Katopodis, e com o diretor-geral da Unidade Gestora de Monitoração Eletrônica da Subsecretaria de Estado de Administração Prisional, Wadson Timo Abreu.

A reunião teve como objetivo informar e esclarecer os defensores públicos participantes sobre o Sistema de Monitoração Eletrônica de Presos implantado em Minas Gerais pela Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds).

“Atualmente, existem 2100 tornozeleiras eletrônicas implantadas no Estado e, até o final do ano, serão mais de 4000. Como o sistema de monitoramento ainda é recente e será ampliado para o interior no próximo ano, a ideia é que os defensores da Metropolitana possam ter mais informações e esclarecer dúvidas para que possam disseminar o conhecimento para colegas defensores de outras comarcas”, explicou o assessor Nikolas Katopodis.

A reunião foi aberta pela defensora pública geral, Christiane Neves Procópio Malard, que falou sobre o avanço que as tornozeleiras já representam, embora o sistema ainda possa ser aperfeiçoado, e reafirmou o propósito desta gestão de reforçar a interlocução entre a DPMG e outras instituições.

Na visão do diretor-geral da Unidade Gestora de Monitoração Eletrônica da Subsecretaria de Estado de Administração Prisional, Wadson Timo Abreu, a parceria com a Defensoria Pública é muito positiva. “O sistema ainda é muito recente e, como o papel da Defensoria é fazer valer os direitos do preso perante a monitoração, hoje, caminhamos juntos em busca de soluções e melhorias para o programa. A Defensoria traz as demandas e sugestões e assim, vamos trabalhando em busca do eixo estável para todas as partes”, concluiu o diretor.

A_DSC0741

Participaram da reunião defensores lotados nas comarcas de Belo Horizonte, Betim, Contagem, Igarapé, Lagoa Santa, Nova Lima e Ribeirão das Neves



Transparência

O que é?

O objetivo dessa sessão é permitir o acesso transparente, rápido e fácil aos documentos e informações relacionadas à Execução Orçamentária e Financeira, Licitações, Contratos e Convênios.

saiba mais >