Defensoria Pública de Minas Gerais

Igualdade e cidadania para todos


“Sala de Espera” apresenta campanha contra a corrupção para os assistidos da Defensoria Pública


Por Ascom em 23 de fevereiro de 2016

Nesta terça-feira (23/02), os procuradores da República, Daniela Ribeiro, Felipe Peixoto e Agda Souto, apresentaram a campanha “10 Medidas Contra a Corrupção”, para os assistidos que aguardavam atendimento nas Unidades I e II da Defensoria Pública na Capital. A atividade integrou o projeto “Sala de Espera – Oficinas de Cidadania”, que está sob a coordenação da defensora pública, Eliane Medeiros.

Os procuradores explicaram que a corrupção foi apontada como o maior problema do Brasil e que a ONU estima que 200 bilhões de reais sejam desviados dos cofres públicos por ano. Segundo a organização Transparência Internacional, o País ocupa a 78ª posição em ranking de percepção de corrupção no mundo.

SONY DSC

Defensora pública, Eliane Medeiros (ao centro), acompanhada pelos procuradores Daniela Ribeiro e Felipe Peixoto, durante uma das palestras

A campanha “10 Medidas Contra a Corrupção” consiste em um conjunto de providências legislativas propostas para coibir os delitos que envolvam o desvio de verbas públicas e os atos de improbidade administrativa. A intenção é reunir 1,5 milhão de assinaturas em todo o País para que o projeto seja apresentado ao Congresso Nacional como iniciativa popular.

De acordo com os procuradores, são três os pilares da campanha: prevenção, punição e recuperação dos valores desviados. Eles explicaram as dez medidas propostas, entre elas a criminalização do enriquecimento ilícito de agentes públicos e do caixa dois, o aumento das penas, a transformação da corrupção de altos valores em crime hediondo e a responsabilização dos partidos políticos.

SONY DSC

Os assistidos presentes lotaram as salas de espera das Unidades I e II

Os procuradores finalizaram a palestra explicando aos assistidos como eles podem participar da campanha, caso tenham interesse. O primeiro passo é imprimir ou xerocar a lista de apoiamento e convidar amigos, parentes, colegas e vizinhos para assinar também. É importante que todos os dados sejam preenchidos corretamente. As listas preenchidas devem ser entregues ou encaminhadas via correios para qualquer unidade do Ministério Público Federal. Faltam 70 mil assinaturas para que a campanha atinja o número de 1,5 milhão de adesões.

Clique aqui para mais informações sobre a campanha “10 Medidas Contra a Corrupção”.



Transparência

O que é?

O objetivo dessa sessão é permitir o acesso transparente, rápido e fácil aos documentos e informações relacionadas à Execução Orçamentária e Financeira, Licitações, Contratos e Convênios.

saiba mais >