Defensoria Pública de Minas Gerais

Igualdade e cidadania para todos


“Sala de Espera”: dicas de saúde e direitos dos filhos


Por Ascom em 18 de maio de 2015

Nesta semana, os assistidos que compareceram ao Atendimento das Unidades I e II da Defensoria Pública em Belo Horizonte tiveram acesso a três edições do Projeto Sala de Espera – Oficinas de Cidadania.

O Projeto Sala de Espera, que enfatiza questões ligadas ao Direito de Família, além de abordar temas relevantes de interesse público, é coordenado pela defensora pública Eliane Medeiros.

A_IMG_0853No dia 11, a diretora do Departamento de Controle e Avaliação do SUS de Santa Luzia e funcionária da Central de Internação da Capital, enfermeira Érika Rodrigues de Assis, falou sobre hipertensão. Érika Rodrigues falou sobre a importância da prevenção, quais são os fatores de risco, como prevenir e como controlar a doença. Érika também deu dicas de como melhorar a qualidade de vida.

Para o assistido Milton da Silva, que participou do bate-papo, as informações foram úteis e ele aprovou a iniciativa.

A_IMG_0845

A enfermeira também fez medição de pressão arterial

A_IMG_0860

A defensora pública Eliane Medeiros homenageou as mães presentes com um bombom

Na terça-feira (12/04), o juiz de Direito titular da 11ª Vara de Família da Capital, Marco Antônio Feital Leite, falou sobre a proteção dos interesses dos filhos nos processos de separação e divórcio. Marco Antônio explicou que a convivência e as visitas aos filhos são direitos deles e não dos pais, e é necessário o bom relacionamento entre os ex- companheiros para que se propicie esse direito ao filho. O juiz esclareceu que todo filho tem a raiz paterna e a raiz materna, devendo ser preservadas as duas para seu crescimento com equilíbrio. Reforçou ainda,  a importância do respeito mútuo, de se afastar sentimentos negativos e menores, sempre tendo em foco a preocupação maior, que é o interesse dos infantes.

Márcia Cristina da Silva assistiu à mini palestra enquanto aguardava ser chamada para o atendimento e gostou da iniciativa. “Achei muito interessante. Não temos muita informação sobre os direitos da família e o projeto precisa continuar porque as pessoas precisam de informação”.

a_DSC8143

Juiz Marco Antônio Feital Leite: “a melhor solução dos conflitos acontece quando os pais não envolvem suas crianças, evitando assim um novo conflito”

Finalizando as edições do projeto do mês de maio, na quinta (14/05), o tema foi saúde bucal. Os cirurgiões-dentistas João Augusto do Carmo Melo, especialista em Saúde Coletiva, e Lívia Gravina de Oliveira, especialista em odontopediatria, ensinaram técnicas de escovação e higienização bucal. Os profissionais utilizaram material ilustrativo interativo, que transitou por todo o público.

A_DSC8285O assistido Danilo de Moraes achou a proposta do projeto muito válida. “É uma iniciativa excelente. Nossa população é muito carente de informação. Eu acho que ao invés de o Governo gastar tanto com propaganda, deveria fazer coisas desse tipo, que informam de verdade as pessoas”, declarou.

A_DSC8287

Foram distribuídos kits de higiene bucal para os assistidos

Ao final de cada edição do projeto, a defensora pública Eliane Medeiros sempre pergunta aos assistidos presentes se o projeto é válido e se os bate-papos devem continuar. O retorno tem sido positivo, inclusive com solicitações que o projeto passe a ter edições diárias.

Na avaliação da defensora pública Eliane Medeiros, “estes três meses de oficinas da cidadania serviram para certificar que a população carece cada vez mais de informação e qualquer assunto é bem-vindo, quando colocado com seriedade e bem explicado pelo profissional da área. Todos os bate-papos tiveram receptividade do público presente, com participações em perguntas e exposições pessoais, além de sempre agradecerem e solicitarem outros temas”. “Penso, ainda, que os bate-papos funcionam também como um lenitivo para o assistido enquanto aguarda a chamada da sua senha. Acredito que eles se sentem mais acolhidos”, concluiu.



Transparência

O que é?

O objetivo dessa sessão é permitir o acesso transparente, rápido e fácil aos documentos e informações relacionadas à Execução Orçamentária e Financeira, Licitações, Contratos e Convênios.

saiba mais >