Defensoria Pública de Minas Gerais

Igualdade e cidadania para todos


Segundo dia do encontro com coordenadores é voltado para Planejamento Estratégico da DPMG


Por Ascom em 15 de abril de 2016

Em continuidade ao II Encontro de Coordenadores Regionais promovido pela Defensoria Pública-Geral, na sexta-feira (15/04), os trabalhos foram voltados para o planejamento estratégico da DPMG.

A_DSC_7240

Participaram do encontro, os coordenadores das regionais e os coordenadores locais das Defensorias que possuem seis ou mais órgãos de execução; a defensora pública-geral, Christiane Neves Procópio Malard; o subdefensor público-geral, Wagner Geraldo Ramalho Lima; a chefe de gabinete, Luciana Leão Lara; os assessores da Defensoria-Geral; e o pesquisador e professor da Fundação João Pinheiro, Marconi Martins de Laia

Ao abrir o encontro, a defensora pública-geral, Christiane Neves Procópio Malard, aproveitou a presença dos coordenadores para apresentar os membros da assessoria Militar da DPMG. O assessor chefe, tenente coronel PM Westerson Guimarães Pinto, esclareceu sobre o trabalho que tem sido realizado pela assessoria e informou sobre a nova norma dos fóruns das comarcas do interior, que passaram a exigir autorização prévia para permanência nas dependências após 19 horas. O assessor chefe disse que está sendo elaborado um planejamento, visando reforçar a segurança também nas unidades da Instituição no interior.

A_DSC_7180

DPG Christiane Malard apresenta os assessores militares: cabo Costa, cabo Claudinei e o chefe da assessoria Militar, ten. cel. PM Westerson Guimarães Pinto

A reunião foi conduzida pelo pesquisador e professor da Fundação João Pinheiro, Marconi Martins de Laia, que salientou que a “ideia básica é que o planejamento seja construído de maneira participativa, para que seja pavimentada uma trajetória exitosa para a Defensoria para os próximos anos”.

O professor informou, em linhas gerais, o que foi pactuado entre a Defensoria Pública e a Fundação João Pinheiro sobre o planejamento estratégico e como será a metodologia de trabalho.

Marconi Martins de Laia explicou que, essencialmente, o planejamento estratégico irá construir uma visão de médio e longo prazo para as ações da Instituição, sem descuidar das ações de curto prazo, que são importantes e relevantes também. “Quando falamos em estratégia, queremos construir uma visão, uma identidade organizacional que mostre com clareza onde queremos chegar, do ponto de vista de objetivos bem definidos. Uma visão bem clara do que é possível ser feito e onde queremos chegar daqui a cinco, dez, quinze anos”.

Ao comentar que empenho não leva necessariamente ao desempenho, Marconi Martins enfatizou que “antes de construir resultados, é necessário construir a visão, para então, caminhar em direção ao resultado. Primeiro se constrói uma visão clara e a consolida em um marco normativo, em um marco gerencial, e depois direciona o seu orçamento para esse marco normativo e começa a nortear as ações a partir da visão”.

A_DSC_7216

Professor da FJP, Marconi Martins de Laia: “papel de articulador de conteúdos em um processo que é uma construção coletiva”

Sobre orçamento, o pesquisador afirmou: “queremos construir uma visão da Defensoria, independente de se ter ou não, condições orçamentárias. Primeiro definimos o que fazer e depois verificamos quanto temos de recursos e começamos a fazer um exercício muito saudável dentro de qualquer organização, que é o exercício da priorização”.

Após fornecer informações sobre o planejamento estratégico e sobre a metodologia de trabalho para o dia, cujo principal objetivo foi a coleta de dados da Defensoria Pública, notadamente das unidades do interior, Marconi Laia fez algumas proposições para serem respondidas pelos coordenadores, que foram divididos em grupos. No período da tarde, os coordenadores apresentaram os dados trabalhados e consolidados.



Transparência

O que é?

O objetivo dessa sessão é permitir o acesso transparente, rápido e fácil aos documentos e informações relacionadas à Execução Orçamentária e Financeira, Licitações, Contratos e Convênios.

saiba mais >